Unifor promove inclusão educacional a crianças carentes

A última edição do Sobpressão, lançada agora em março, trouxe como tema a 8 Metas do Milênio estabelecidas pela ONU em 2000. A segunda meta disserta sobre a promoção do ensino básico e de qualidade para todos, e uma das pautas sugeridas para essa edição temática tinha como objetivo relacionar essa meta com um dos projetos mantidos pela Universidade de Fortaleza, a Escolinha de Aplicação Yolanda Queiroz, que fornece educação básica e gratuita para crianças carentes das comunidades vizinhas ao campus.

Crianças da escolinha durante o recreio
Crianças da escolinha durante o recreio

O espaço foi criado em 1982 por meio da iniciativa de alunos do curso de Pedagogia de criar uma área educacional e de saúde. Mesmo com poucos recursos, o projeto começou com cerca de 60 alunos em um bloco próximo à avenida Washington Soares. Atualmente, a escolinha já conta com aproximadamente 550 alunos regularmente matriculados.

Além das aulas fornecidas, a Escola possui um mini-ateliê, um laboratório de informática com equipamentos totalmente adaptados e um refeitório que são utilizados pelos alunos para as atividades de pintura, informática e psicomotricidade.

O espaço também está ligado as atividades de diversos cursos de graduação da universidade, como Educação Física, Psicologia, Direito ou Odontologia. Segundo Joana Gonçalves Moreno, Diretora da escola, esses cursos promovem palestras e outras atividades de orientação aos pais, bem como aos próprios alunos. “Através de palestras, eles aprendem noções básicas de higiene bucal com o pessoal do curso de Odontologia, os pais recebem orientação sobre Direito Familiar e Previdenciário com o pessoal do curso de Direito, e até mesmo orientação pessoal com os alunos de Psicologia, quando a criança passa por dificuldades de aprendizado, por exemplo ”.

aluna da Escola
aluna da Escola

Cerca de 80 a 90% dos alunos são moradores da comunidade do Dendê, embora uma pequena parcela venha do bairro Luciano Cavalcante, localizado no lado oposto da avenida Washington Soares. A Unifor arca com os gastos do projeto (exceto fardamento), que vão desde a orientação dos professores, até o material utilizado e a alimentação.

*texto e fotos de Lucas Abreu

Um comentário em “Unifor promove inclusão educacional a crianças carentes

  1. Ótima matéria, porém, vejamos se conseguiremos alcançar essas metas antes do fim do mundo que segundo os maias será em 2012…=)

    ;**************

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s