Um rio de jóias

Montagen de joias com espinhos de mandacarú / Foto: divulgação

Procurar, colher as pedras e outras matérias-primas na natureza, polir, ter o cuidado necessário para não estragá-las e transformar esse material em jóias, é o trabalho de Antônio Rabelo. Ele também utiliza espinhos de mandacaru ou couro de bode nas suas peças. Natural de Quixeramobim, é lá que Rabelo fica inspirado para a produção das jóias. Batizada como “Rio das pedras”, a exposição do artista começa amanhã no Espaço Cultural Unifor – Anexo e conta com 75 peças, algumas à venda.

Serviço
Rio das pedras

Local: Espaço Cultural Unifor Anexo
Visitação: 25 de agosto a 3 de outubro
Horário: terça a sexta-feira (10h às 20h), sábados e domingos (10h às 18h)
Entrada gratuita

* Texto de Suiani Sales

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s