“Você tem que ser muito esforçado para ficar doente”

Nuno Cobra/ Foto: Thalyta Martins

Conhecido pelo trabalho desenvolvido com Ayrton Senna, foi o médico Nuno Cobra que fechou a quarta-feira do Mundo Unifor. Convidado no dia do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Cobra falou por quase duas horas passeando pelas fileiras de cadeiras dos que estavam assistindo a palestra.

“Você não gosta do que você faz. Você só faz o que você gosta. Aquelas pessoas que fazem muitas coisas ao mesmo tempo, elas gostam do que fazem. Aquele cara que num faz nada, ele gosta de não fazer nada” (Nuno Cobra)

“Você tem que ser muito esforçado pra ficar doente. Tem que passar 10, 15 anos sem fazer atividade física, se alimentando mal, dormindo pouco”. Em tom lúdico, seu discurso tentava conscientizar os ouvintes a cuidar de si próprios. Como? A receita do médico é fazer o que você gosta e ficar longe de médicos e farmácias. Afinal, “as piores drogas são vendidas nas drogarias”.

Deu o exemplo dele próprio, que aos 73 anos tem a “barriga tanquinho”, e de seu pupilo Senna, que era um garoto franzino quando o procurou, em 1984, ainda integrante da Fórmula 3. “Vocês acham que Senna era o melhor? Bom, ele achava”. Esse é o diferencial, apontou o médico. “Não adianta você dizer pra alguém ‘você tem que ganhar, você tem que ser feliz’. Você tem que fazer a pessoa sentir isso’”.

Texto: Marília Pedroza
(mariliapedroza2@gmail.com)

Orientação: Prof. Jocélio Leal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s