[Ensaio] O mundo adolescente

Foto: Pedro Motta

Quem diz que os adolescentes não sabem organizar sua própria sociedade, engana-se. Eles tanto sabem, como pensam em ideais comuns, e podem ser tão cruéis quanto os “adultos”. Com esse ensaio propus a ideia dessa sociedade, onde prevalece a tão famosa “lei do mais forte”, onde cada vez mais cedo a malícia prevalece, deixando de lado a inocência infantil.

Vislumbramos na sequência fotográfica o confronto entre maturidade e criancice, o início da vida adulta e as diferentes personalidades que enxergamos nestes jovens que são tão curiosamente influenciáveis por filmes, séries e todos os produtos da mídia. No processo criativo perguntamos, ainda: O que se passa na cabeça desses jovens com “corpo de aço”, inoxidáveis e super poderosos com sua juventude tão esplendorosa?

Estes que praticam o bullying são de fato maus? A resposta é não. Eles estão no processo de crescimento, no confronto entre a maturidade da vida adulta e a “vida boa” da vida de jovem, estão na eterna confusão entre “Devo ser jovem para sempre” e o “Preciso ser um adulto responsável”. Qual o melhor? Ser um “derrotado” na escola, ser um “super popular”, ou não ser “nada disso”? Ser “nada disso” vale a pena? Questões e mais questões.

O bullying nada mais é que a “lei do mais forte”. Por que consideramos ser crime algo reflexionado na sociedade dos “adultos”, que são espelhos dos jovens imaturos? A realidade, e o “mundo dos adultos” é bem mais que um cruel bullying.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto e fotos: Pedro Motta
Orientação: Profa. Janayde Gonçalves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s