[Claquete] Conhecer para revelar

Foto: Divulgação

Com a internet acabamos mudando nosso modo de nos relacionarmos, hoje conversarmos por chats, muitas vezes com desconhecidos. Mas, nem sempre, esses desconhecidos são dignos de confiança. Essa é a temática do filme Confiar(Trust), do diretor David Schwimmer. A trama coloca em perspectiva a vítima e sua família e como uma simples conversa pode acabar gerando um trauma.

Will,Clive Owen, ator que geralmente faz filmes de ação, e Lynn ,Catherine Keener, são um casal comum, que cria seus três filhos com base na confiança. Will é um publicitário bem sucedido e sua mulher Lynn cuida da casa e dos filhos. Eles estão animados porque o filho mais velho está indo para a faculdade. Ao mesmo tempo sua filha do meio Anne, Liana Liberato, está entrando na tumultuada fase da adolescência, em que quer ser aceita pelos seus amigos e acha que já é adulta o suficiente para tomar decisões sozinha.

É nessa época que Anne começa uma amizade pela internet com um garoto chamado Charle que tem 16 anos e mora na California. Seus pais sabiam dessa amizade, mas acreditando na relação de confiança que eles têm com a filha, não encaram a amizade virtual como um motivo de preocupação. O tempo passa e Anne começa a desenvolver um sentimento por Charle e, mesmo arriscando a confiança de seus pais, Anne convida Charle para se encontrarem no shopping.

O que se segue depois é um dos temas mais abordado nos últimos temas, a violência sexual contra um menor. Mas não espere ver grandes caçadas ao pedófilo, o que se testemunha é o que realmente acontece com a família e a vitima. Não é só uma questão de prender o agressor, mas de mostrar o que essas pessoas podem fazer com a vida de uma garota de 14 anos, e acabamos por entender um pouco do que passa na cabeça da vítima, como, por exemplo, como ela encara os amigos da escola depois disso, pois todos acabam sabendo. Mas também tem momentos em que a vítima não entende que foi agredida sexualmente e acha que o seu agressor a ama.

Esse é um dos temas que é bem colocado no filme, no outro extremo está uma família bem estruturada em que o diálogo e a confiança são à base da relação e como ele encaram ter uma filha, tão nova, que sofreu esse tipo de violência. O filme tem cenas emocionantes e demonstra cuidado ao retratar essa temática forte.

FICHA TÉCNICA
Diretor: David Schwimmer
Duração: 105minutos
Ano: 2010
Gênero: Drama

Texto: Thais Moreira
Orientação: Profa. Janayde Gonçalves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s