Saídas para diminuir o prejuízo do roubo de smartphones

Foto: Marina Duarte

Em 2012, a previsão é que sejam vendidos 686 milhões de smartphones no mundo todo, segundo o International Data Corporation (IDC), empresa líder em inteligência de mercado, consultoria e conferências nos segmentos de Tecnologia da Informação. Esse crescimento também ocasiona um aumento no roubo de celulares. Algumas medidas podem ser tomadas para evitar a perda.

Atualmente, os smartphones estão sendo comercializados a preços mais acessíveis, no mercado aparelhos são vendidos a 400 reais, no entanto, para comprar celulares com mais recursos tecnológicos é preciso desembolsar até dois mil e seiscentos reais, segundo o site americanas.com.br. Para a manutenção destes aparelhos portáteis, o professor Pablo Ximenes, especialista em segurança da informação da Faculdade 7 de Setembro (FA7), apresenta algumas práticas seguras.

Sabe-se que não há prudência no ato de exibição do aparelho em público, usuários distraídos arriscam-se ao checar e-mail, twitter, facebook em lugares inseguros. É importante evitar o uso do aparelho em ponto de ônibus, dentro do veículo e locais pouco frequentados. Pablo Ximenes recomenda que os vidros dos veículos estejam sempre fechados.

Existem também os seguros contra roubos oferecidos pelas operadoras de celulares, como por exemplo, o Oi seguro, Conectado e protegido da Tim e Vivo Proteção Celular, entre outros. Segundo Pablo Ximenes “o cliente pode contratar na própria operadora durante a aquisição do celular, lembrando que o seguro cobre apenas o aparelho. Acontece que, ao ser assaltada, a vítima não só perde o aparelho, mas perde também informações pessoais contidas em fotos, agenda e mensagens”. O ideal é realizar regularmente um backup do aparelho.

O Iphone oferece a opção de utilizar o Itunes para realizar o backup do telefone, proporcionando segurança ao copiar e resguardar todas as informações contidas no aparelho. Ximenes acrescenta que há outra opção para este tipo de recurso de proteção as informações pessoais, sendo esta a sincronização com a nuvem, disponível para usuários de qualquer aparelho celular. Nuvem é um conceito genérico que está acessível via internet, mas não tem proximidade tátil. São computadores remotos onde se paga um espaço em disco, muitas vezes além da capacidade do computador, que oferece como recurso também a possibilidade de sincronizar todos os contatos da agenda, a partir de uma conta Gmail, para que o usuário esteja seguro em relação a ter seus contatos da agenda salvos. O serviço contém opção de sincronização para fotos e permite a criação de pastas privadas.

Além destas medidas preventivas quanto a perda dos celulares é importante ter conhecimento sobre aos procedimentos a serem realizados após um inevitável roubo. Segundo Pablo, a primeira coisa a ser feita é rastrear o aparelho, no entanto, é preciso ter cuidado quanto a esta atividade, pois se o celular for bloqueado antes do rastreio o telefone automaticamente para de ter acesso à rede de computadores, impossibilitando o rastreio que depende do acesso à internet.

No caso do Iphone, Pablo informa que a configuração de rastreio é através do mobile me, que é uma conta a ser cadastrada na Apple, de posse da senha é possível rastrear o celular por meio de outro aparelho da mesma marca ou então acessar a internet da página relativa a esta questão. No caso do sistema Android, é necessário instalar o software, alguns aparelhos já trazem instalado o look out security, um aplicativo gratuito de rastreio e anti vírus.

Pablo afirma que a fase de recuperação de um aparelho deve ser rápida, e além de bloquear o aparelho é necessário que o chip seja bloqueado. Todo aparelho celular tem um número de série chamado ESN (Eletronic Serial Number) que é único para cada celular, e encontra-se visível atrás da bateria, no menu e/ou na nota fiscal do aparelho. Quando for preciso fazer o bloqueio do aparelho com a operadora torna-se necessário apenas cadastrar este número na lista de telefones roubados.

Texto:  Caio Pinheiro

2 comentários em “Saídas para diminuir o prejuízo do roubo de smartphones

  1. Complementando, vale ressaltar que o serviço de nuvem da Apple para o iPhone, que desde a versão do iOS 5 é padrão no dispositivo, é o iCloud – https://www.icloud.com/
    Com o iCloud, o usuário, além de maner o backup automático de fotos, contatos e demais dados pessoais, poderá rastrear seu telefone em caso de roubo ou furto. Parabém pelo posto, Caio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s