[Foca Nessa] Leia mais nesse dia do livro

O Dia Nacional do Livro é comemorado em 29 de outubro, pois foi nesse dia, há pouco mais de dois séculos, que a Bibliteca Real Portuguesa foi transferida para o Brasil, em 1810, quando foi denominada Biblioteca Nacional.

Dizem que a leitura engrandece a alma,que traz plenitude,que faz bem ao intelecto. Mas também há quem diga que ler é uma atividade monótona. A verdade é que, quem não gosta de ler,provavelmente ainda não encontrou um (assunto) de livro de sua preferência. Pois existem estilos para todos os gostos: ficções, não-ficções,romances, narrativas de viagens, biografias e mais uma infinidade de temas.

Conversamos com algumas pessoas para saber que livros elas recomendam para o dia de hoje. Veja o que elas sugeriram:

Mariana Pontes, estudante de medicina

             “Muito além do nosso eu” é o título do livro, autoria de Miguel Nicolelis.
“A humanidade está prestes a cruzar mais uma fronteira do conhecimento em direção à compreensão do imenso poder do cérebro, um conhecimento que poderá ser aplicado com grande proveito nas áreas de saúde e tecnologia. Em Muito além do nosso eu, o premiado e internacionalmente reconhecido neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis revela suas idéias revolucionárias sobre essa nova tecnologia. Ele nos explica como o cérebro cria o pensamento e a noção que o ser humano tem de si mesmo (o seu self) – e como isso pode ser incrementado com o auxílio de máquinas”. Acho que responde o motivo do meu interesse no livro!

Mateus Aragão, estudante de jornalismo

             “Transformando suor em ouro” – Bernardinho
O livro do Bernardinho é uma motivação não só para esporte, mas pra vida. As lições que você tira do livro são extremamente positivas, ele fala muito em como o trabalho duro leva ao sucesso, como o próprio nome do livro já diz.

                                   ”My Life” – Earvin “Magic” Johnson
O livro do Magic Johnson segue mais ou menos o mesmo padrão de lição. Um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos conta como, desde pequeno, o talento pra ele não era suficiente, o esforço e dedicação contam mais ainda, e, também, como um atleta pode perder a carreira num simples ato de desatenção, no caso dele, contraindo o vírus HIV.

Maria Luiza Raia, estudante do ensino médio                         

                    ”Os feios”, de Scott Westerfeld 
Eu gosto desse livro pois ele é uma ficção cientifica que faz meio que uma parodia dos padrões de beleza impostos pela sociedade. Ele fala de um mundo onde as pessoas esperam em “escolas” até terem 16 anos e passarem por uma cirurgia que muda todo o corpo e os deixa bonitos, depois todos vão morar na vila perfeita e vivem por um tempo só festejando e sendo felizes. Os que não querem passar pela cirurgia são ostracizados e tem que viver na floresta,bem bizarro! O incrível é que descobrem que na cirurgia alteram o cérebro da pessoa sem ela saber e ela fica meio sem vontade própria,a estória é brilhante.

Renan Martins ,estudante de sistema de Informações

O Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil,do Leandro Narloch, contém histórias e acontecimentos relacionados ao País contados de uma forma diferente a que se acredita e se convencionou. Verdades desagradáveis de ícones brasileiros são reveladas com fatos comprovados, declarações e provas concretas. O livro é muito bom; revela várias verdades que estavam ‘atrás das cortinas’, e que ninguém fazia questão de pesquisar a fundo. Porém, ao meu ver, existem alguns casos que o livro trata sem imparcialidade, mostrando uma forte opinião sobre o assunto, mas não ao ponto de me fazer desistir de terminar de ler o livro. Conclui que o livro é muito bom e pode ser recomendado para qualquer pessoa que deseja conhecer um pouco mais sobre o Brasil e suas histórias obscuras.

Marcio Acscerald, psicólogo e professor de comunicação

”Equador”

” Um romance do escritor português Miguel Sousa Tavares, muito bem escrito. Trata de assuntos da colonia da Ilha de São Tomé,que interessava à metrópole. Mostra a interculturalidade entre ingleses,portugueses e suas diferentes maneiras de ver o mundo.”

Texto: Lia Moreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s