[Claquete] Existe razão nas coisas feitas pelo coração?

amor_cartaz

Uma dica para quem gosta de, além de sentir, pensar sobre o amor e suas representações é assistir ao documentário-ficção “AMOR?”, de João Jardim. Experientes atores apresentam histórias de amores reais como se fossem suas. Nós, os espectadores, somos capturados pelas palavras, pelas vivências por vezes violentas que esse sentimento nos expõe, pelas imagens que desnudam essas pessoas tomadas pelo amor. O cenário por trás dos atores e relatos é compatível com a densidade do que vem a ser contado, e a trilha sonora conta com o instrumental de músicas brasileiras que falam de amor. Podemos pensar este documentário como uma provocação às inúmeras tentativas de definição sobre o que é o amor, este sentimento que ocupa tantos espaços teóricos, tantas páginas literárias, tantas melodias e tantas conversas de mesa de bar. O amor pode ser alegre ou triste, mas pode ser feio? O amor violento dói? Dói em quem? O amor sem tapas já não seria da ordem do violento? Não sabemos, João Jardim também não sabe, mas abriu espaço para que pessoas comuns pudessem falar, atores pudessem escutar, falar e representar e nós, espectadores, curiosos ouvintes, pudéssemos sentir e sermos convocados a pensar sobre os limites (ou a falta destes) do amor. Qual o limite para amar? Qual o limite para o amor? O trabalho árduo de pesquisa do diretor que buscou em mais de 60 entrevistas as fontes que concretizariam seu documentário-ficção resultou em oito histórias densas expostas, desabafos sobre as relações, sem julgamento, só a fala.

Texto: Caio Pinheiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s