Surfistas do bem

surf_chruch_003-2
Foto: Divulgação

Jovens, muitos deles esportistas, estão frequentando a igreja evangélica Bola de Neve, que têm cultos como verdadeiros shows de reggae e rock. Os frequentadores dizem que não há falta de respeito, pelo contrário, que se estimula “a aproximação com o Senhor”. E que dízimo “só dá quem quer”

A Igreja Bola de Neve, também conhecida como “Igreja dos Surfistas” ou “Surfistas de Cristo” foi fundada no ano 2000 por Rinaldo Luís de Seixas Pereira, conhecido como apóstolo Rina, praticante do surf desde criança. O nome “Bola de Neve” vem da proposta dos fundadores que tinham como objetivo propagar o trabalho como uma bola de neve, aumentando de tamanho e alcance ao longo do tempo.

O pastor Rinaldo era originalmente o responsável pelo ministério de evangelismo da Igreja Renascer. Após quatro anos e meio liderando este ministério, ele decidiu sair da Igreja Renascer e fundar sua própria igreja, a Bola de Neve. A idéia era abrir uma igreja, cujo público-alvo seriam jovens na faixa etária entre os 20 e os 35 anos, composto principalmente por pessoas de estilo alternativo, universitários, praticantes de esportes radicais e com uma liturgia informal, estilo inusitado de pregação e louvores em ritmo de pop, rock e reggae. Essas são algumas das estratégias que a igreja utiliza para atrair tal público, daí o apelido de Igreja dos Surfistas.

“Sou surfista desde criança e sei que os dogmas da igreja tradicional afastam a moçada da religião. Aí me falaram dessa igreja em que todos se sentem à vontade e têm contato com a palavra do Senhor. Não há ofensa à religião. Estou sempre celebrando a vida e me aproximando de Deus. Me afastei das drogas, da podridão do mundo. Encontrei o conforto que Jesus Cristo dá e a resposta está sendo maravilhosa”, diz o frequentador da igreja dos surfistas de Fortaleza, Paulo Carvalho Soares Neto ou Paulinho, como gosta de ser chamado.

BOLA_DE_NEVE_CHURCH_-_IGREJA-logo-F99015A51F-seeklogo.comEm Fortaleza, a Igreja Bola de Neve entende que é preciso de um momento de comunhão e discussão da palavra que foi pregada no culto que acontece todos os domingos, sempre realizados no anfiteatro da Praia de Iracema. Com isso vem as células. As células são reuniões semanais na casa de um membro da igreja onde as pessoas que moram no mesmo bairro ou bairros vizinhos têm um momento para entender melhor o que foi pregado no culto e onde um casal de líderes levantado pelos pastores da igreja acompanha de perto cada uma dessas pessoas. Hoje a igreja possui 10 células espalhadas pela cidade.

 Os encontros em casas chegam a reunir cerca de 80 pessoas, alguma vezes, todos os participantes se vestem bem à vontade, com shorts, bermudas e chinelos. Na sala, a diaconisa Priscila Seixas (mulher evangélica que celebra cultos), convida os fiéis a se acomodarem. “ A reunião segue, em média. por duas horas, com louvores a Deus e testemunho de fieis.

 “Crescemos bastante nos últimos anos porque procuramos essa garotada de 16 a 24 anos, que normalmente não encontra espaço nas outras igrejas. Além disso, não queremos impor regras as pessoas. Não somos nada parecidos com a ideia geral que as pessoas têm dos evangélicos”, explica Guilherme Duailibe, um dos fiéis presentes na reunião. Ainda segundo ele, a identidade da igreja com o surf faz parte da própria história de vida dos fiéis. “A maioria de nós gosta de pegar onda. Não existe nenhum conflito em relação a isso. Somos evangélicos e gostamos de surf e outros esportes radicais”, afirma.

 Hoje, a igreja tem templos em Boiçucanga, no litoral norte do estado de São Paulo, onde o pastor é Catalau, ex-vocalista da banda de rock Golpe de Estado e em Itacaré, na Bahia. Ainda existem núcleos em Itanhaém e Peruíbe, no litoral sul de São Paulo, Florianópolis (SC), Natal (RN), Niterói (RJ), Recife (PE) e Fortaleza (CE).

Texto: Manoel Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s