Centros acadêmicos facilitam a vida do universitário

Foto: Marina Duarte
Foto: Marina Duarte

É CA pra cá, é DA pra lá… Essas siglas são comuns no ambiente acadêmico, mas nem todo mundo sabe o que elas significam e para que servem, inclusive costumam ser usadas indistintamente. “Para deixar claro as nomenclaturas, um Centro Acadêmico (CA) é a última gestão eleita de um curso.

Não é a xerox do curso como alguns devem confundir. Na Comunicação chamamos de Diretório Acadêmico (DA) porque somos um só curso com duas habilitações, Publicidade e Jornalismo”, esclarece Ramó Alcântara, estudante e integrante do Diretório Acadêmico Patativa do Assaré (DAPAS).

Cada curso da Unifor disponibiliza uma sala para o seu CA, que são independentes entre si. Essas salas são organizadas e mantidas pelos alunos. Em geral, possuem máquinas de fotocópias por meio de acordo com a gestão atual do centro acadêmico.

Rua das Xerox 

 A maioria das salas dos CA’s ocupam espaços em um corredor entre os blocos P e Q, mas também é possível encontrá-las em outros lugares, como no bloco O e I. O horário de funcionamento costuma ser das 7h  às 21h. Os serviços são oferecidos a todos os estudantes. “Esse CA é de Nutrição, mas atendemos pessoas de todos os cursos e até visitantes”, comenta Neide Lacerda, proprietária da fotocopiadora do CA.  Além de xerox, muitas delas oferecem outros serviços como impressão digital, encadernação, venda e aluguel de acessórios para as aulas, como batas. Também é possível encontrar artigos de papelaria e alguns produtos alimentícios.

É legal? 

 Há controvérsias sobre o uso de xerox em universidades por questões de direitos autorais. É proibido pela lei 9610/98, que protege os direitos do autor, a reprodução total de obras, permitindo, porém, a reprodução parcial (de trechos ou capítulos), desde que não seja para fins lucrativos. Como o preço dos livros é muito superior às fotocópias, os estudantes optam pelas cópias. Alguns chegam a gastar, em média,  R$ 80,00 em reprodução dos textos por semestre. Há, também, outros meios para economizar, como afirma o estudante de Jornalismo, Tircianny Araújo: “às vezes, quando é preciso gastar com apostilas, eu peço emprestado de quem já está mais adiantado que eu”.

Texto:  Iara Sá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s