[Lar Maior] Bate-Bola discute oportunidades na Copa 2014

Foto: Luís Barbosa
Foto: Luís Barbosa

Dentro da programação do evento Lar Maior, na noite de ontem aconteceu um “bate-bola” com o Secretário Especial da Copa do Mundo, Ferrúcio Feitosa, e a presidente da Câmara Setorial de Eventos do Ceará, Circe Jane Teles, sobre tema Copa 2014Ambos os convidados reafirmaram as inúmeras vantagens que um evento de tal porte pode trazer ao Brasil e ao Ceará. O Secretário destacou o esforço feito para trazer o evento para o País e, também, para o nosso estado. “Nós fomos fazer a defesa do Brasil, assim como estávamos apresentando a cidade de Fortaleza para a Fifa. Naquele instante, nós assumimos compromissos com a entidade maior que coordena esse dois grande eventos, que é a Copa da Confederações e a Copa do Mundo de Futebol”.

563662_181636861986632_631460725_n Circe Jane, por sua vez, destacou a importância de profissionais das mais diversas áreas aproveitarem as oportunidades que virão com o evento. “Nós temos que aproveitar essas oportunidades como se fossem as últimas, pois não sabemos quando outra Copa acontecerá no nosso país, talvez daqui a cinqüenta ou sessenta anos. Então fiquemos atentos às oportunidades que virão”.

Ferrúcio Feitosa. Foto: Luís Barbosa
Ferrúcio Feitosa. Foto: Luís Barbosa

As vantagens que podem trazer no âmbito social, com obras públicas e de acessibilidade, e no âmbito profissional, foram destacadas pelos palestrantes. O Secretário falou do legado deixado pela Copa, com obras públicas de transporte e acessibilidade, destacando as vantagens dessas obras para trabalhadores e estudantes da capital. “O que o Governo tem tentando é encurtar distancias para que o fortalezense possa passar mais tempo com a família, pois nós sabemos que, hoje, o fortalezense passa um terço do seu dia só se deslocando na cidade”.

Ferrúcio afirmou que o Governo do Estado também tem ações em andamento na área de saúde, saneamento básico, segurança, turismo e tecnologia da comunicação, somando um pouco mais de $9 bilhões reais investidos em obras finalizadas e próximas de serem finalizadas.

“Nós sabemos, o mais importante é deixar um legado para a população do estado do Ceará”.

Circe reconheceu a necessidade de preparar a mão de obra que vai ser empregada durante a Copa. “Nós temos que observar em cada profissional desses uma mão de obra que precisa ser capacitada”. A Presidente da Câmara Setorial de Eventos do Ceará, também destacou a importância de observar como os investimentos dos setores públicos ou privados estão sendo aplicados.

Foto: Luís Barbosa
Foto: Luís Barbosa

O Secretário apontou detalhadamente para o público as obras que estão sendo feitas em parcerias pelo Governo Federal, Governo do Estado e Prefeitura. “São obras importantes para Fortaleza, que, se não fosse a Copa do Mundo, demorariam mais de uma década para serem feitas em Fortaleza”. Ferrúcio mencionou a obra do Veículo Leve Sobre Trilhos, a obra que permitirá melhorar a via expressa de Fortaleza, além da obra Arena Castelão.

A tônica do evento foi o otimismo, pois apontou para os alunos que assistiam à palestra os novos caminhos e oportunidades que os esperam em 2014. A palestra terminou com um breve momento de perguntas e respostas, onde os alunos puderam debater com os convidados temas que tratam do “inchaço” no mercado de trabalho.

 

Texto: Juliana Teófilo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s