Vivacidade e emoção recepcionam futuros médicos na Unifor

Foto: Juliana Teófilo
Foto: Juliana Teófilo

Aconteceu, na última sexta-feira, 17, a 14° Cerimônia do Jaleco Unifor. O tradicional evento recepciona os novos alunos do curso de Medicina após 100 dias do início das aulas. Nestes primeiros dias, os alunos trabalharam em sala de aula o Código de Ética Estudantil, desenvolvendo os valores éticos e morais necessários para a profissão médica.

O evento semestral tem como objetivo promover a compreensão, entre os alunos do primeiro semestre do curso de Medicina da Unifor e os princípios fundamentais do profissionalismo médico. Nesse sentido, seguindo o currículo do primeiro semestre do curso, os alunos debatem a respeito do Código de Ética do Estudante de Medicina, que segue os mesmo princípios morais do Código de Ética Médico. Sendo assim, é levantada a relação quanto ao procedimento com seus pacientes e seus colegas, à sociedade e à humanidade.

Prof. Helvécio Feitosa. Foto: Thiago Gadelha
Prof. Helvécio Feitosa. Foto: Thiago Gadelha

“Cerimônias de entronização são fenômenos históricos em muitas culturas e instituições. Com os mais divinos propósitos, nessas cerimônias, símbolos como o jaleco branco, aceito hoje como emblema da profissão médica, são utilizados como referência desses valores entre estudantes e acadêmicos”, apontou o professor Helvécio Feitosa, no discurso que deu início à cerimônia.

Outra simbologia foi apontada pela professora de Habilidades Médicas, Sônia Leite Silva, em seu discurso de reconhecimento do corpo estudantil. Em sua fala, a professora apontou a importância do triângulo para a humanidade e para os alunos de medicina. Sua inspiração, segundo ela, veio de uma conferência de patologia renal na qual o congressista afirmou que, assim como o triângulo existe no rim, nós podemos observá-lo nas mais diferentes áreas de nossas vidas. E assim Sônia deu início a uma breve rememoração dos caminhos da humanidade, passando por uma análise das tríades: reinos (animal, vegetal e mineral), a multiplicação do homem (pai, mãe e filhos), a religião (pai, filho e espírito santo) e, por fim, os ideais da Revolução Francesa (igualdade, fraternidade e liberdade).

“Igualdade, liberdade e fraternidade; Conhecimento, habilidade e atitude. Não é por acaso que os princípios básicos que norteiam a sociedade são os mesmos que norteiam a formação de vocês. Porque a função mais importante de uma escola, de uma universidade, é formar cidadão. No caso de vocês, médicos, mas, acima de tudo, cidadãos. Cidadãos comprometidos com o bem-estar da comunidade, cidadãos médicos que estejam preocupados e comprometidos com a saúde da sua população”, apontou efusivamente a professora.

Doutora Rouquayrol em seu discurso. Foto: Juliana Teófilo
Doutora Rouquayrol em seu discurso. Foto: Juliana Teófilo

Uma emocionante homenagem à Doutora Maria Zélia Rouquayrol deu seguimento à solenidade, com um vídeo produzido pela TV Unifor. Zélia subiu ao palco para receber a Comenda do Mérito Médico, placa oferecida a profissionais que representem altos padrões de excelência tanto na prática da medicina, quanto na geração e propagação de conhecimento.

“Quero expressar meu contentamento em receber a Comenda do Mérito, por meio do núcleo docente estruturante do curso de medicina da Unifor, com meus agradecimentos especiais ao Doutor Airton Queiroz e expressivamente à Fundação Educacional Edson Queiroz. Agradeço também à Doutora Fátima Veras, à coordenadora do curso Maria Verônica, essa eu conheci hoje; ao professor Helvécio Feitosa, esse eu conheço já faz tempo. E assim reafirmo que estou plenamente feliz de receber essa homenagem e entrego neste momento para a biblioteca da Unifor a última edição do livro “Epidemiologia & saúde” a qual a primeira edição foi toda executada na gráfica da Unifor”, afirmou emocionada e completou “É tanta coisa linda! Minha gente, parabéns para nós todos!”.

A realização de um sonho

Foto: Thiago Gadelha
Foto: Thiago Gadelha

Para familiares e alunos, a Cerimônia do Jaleco foi muito além dos princípios éticos e morais apreendidos em sala de aula. Aquela foi uma noite de verdadeira festa em comemoração a realização de um sonho: o ingresso na tão sonhada faculdade de medicina. A promessa de um futuro brilhante podia ser vista nos olhos de cada um dos alunos, assim como a esperança e a sensação de missão cumprida estampava o rosto de cada um dos familiares que assistiam à solenidade. Abrilhantando ainda mais a festa, a Camerata e o Coral da Unifor interpretaram sucessos como Cunhataiporã, Yesterday e Viva la Vida. Se para muitos dos médicos em formação a ficha ainda não tinha caído, para seus pais e mães era tempo para comemoração e muitas lágrimas.

Para Ana Paula, mãe da jovem Ana Carolina, não foi diferente. “Para mim está sendo a realização de um sonho, ela estar aqui está sendo maravilhoso para todos nós”, falou com olhos mareados.

Yasmin e família. Foto: Juliana Teófilo
Yasmin e família. Foto: Juliana Teófilo

Simone, mãe de Yasmin, estava surpresa. “Sou professora da Universidade e nos outros cursos a gente não ver um evento com essa formalidade, então para mim foi uma surpresa, mas acho interessante, pois o evento cumpre o papel de já trazer, desde cedo, a importância e as responsabilidades do curso escolhido”. Yasmin, por sua vez, ainda estava em júbilo com a aprovação. “Foi a realização de um sonho, quando vi que tinha sido aprovada, fiquei pulando lá em casa. Mas acho que a ficha ainda não caiu, acho que vai demorar um pouco pra cair, mas está tudo ótimo! Estou realizando meu sonho!”.

Caio Nunes. Foto: Juliana Teófilo
Caio Nunes. Foto: Juliana Teófilo

O pai do aluno Caio Nunes fez questão de apresentar o futuro médico por seu nome completo. “Sou pai do futuro doutor Caio Nunes Silveira e estou muito feliz! A família toda está muito feliz, é realmente um sonho que está virando realidade e, a partir de agora, só tende a crescer e evoluir ainda mais. Enfim, só sucesso e felicidade”, afirmou orgulhoso.

Caio é só alegria com a Universidade, “Estou adorando o curso, a estrutura da Unifor, estou aproveitando ao máximo. Só tenho a agradecer por poder estar aqui, estou muito feliz, hoje mais ainda por estar celebrando mais esse marco”, concluiu.

Texto Juliana Teófilo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s