Protesto quer mostrar que Fortaleza está apavorada

Foto: Luís Barbosa
Foto: Luís Barbosa

“Fortaleza apavorada” é um movimento civil, composto por cidadãos, cujo principal objetivo é exigir dos órgãos públicos medidas emergenciais para combater a violência. Segundo uma das idealizadoras e organizadoras do projeto, Mariana Posses, “nós queremos medidas emergenciais, pois a questão da violência como um todo, não se resolve somente com uma manifestação”.

O protesto acontecerá no dia 13 de junho, às 15 horas, em frente ao Palácio da Abolição. A data escolhida também foi estudada. “A data do evento foi escolhida a partir  das manifestações criadas na época do impeachment do Collor”, explica Mariana.

Nas redes sociais, é crescente o seu número de seguidores. Pode-se constar esse fato, pois, em apenas 29 dias de existência, o grupo já contava com mais de 10.000 membros. “O crescimento pode ser explicado devido às pessoas pegarem o projeto como delas, sendo uma iniciativa nossa, mas uma causa de todos”.

Outro fator citado pela organização do evento refere-se ao disfarce utilizado pelos governantes para atrair turistas na Copa das Confederações, enquanto não há uma maior preocupação com os próprios moradores da capital cearense. “É usado uma ‘maquiagem’ para receber os turistas, ao mesmo tempo em que ocorre um descaso com os fortalezenses”, conclui.

Texto: Thaís Barbosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s