Prêmio Unifor de Literatura prestigiará autores desconhecidos

As inscrições para a quarta edição do Prêmio Unifor de Literatura estão abertas desde o dia 25 de outubro e vão até o dia 6 de dezembro, e podem ser feitas na vice-reitoria de extensão da Unifor.

Os autores (do Ceará ou de qualquer estado brasileiro) devem inscrever contos avulsos ou um livro de contos, que serão avaliados por uma comissão julgadora composta por três professores de Literatura e Língua Portuguesa. Um professor da Unifor, um professor da UFC e um membro da Academia Cearense de Letras, cujos nomes não serão revelados. Para manter a impessoalidade do concurso, os autores devem utilizar pseudônimo.

O concurso é dividido em duas categorias: obra inédita e trabalho inédito. O primeiro diz respeito à edição de um livro de contos e o segundo às obras avulsas, que serão reunidas em uma coletânea com 20 contos (do primeiro ao vigésimo lugar do concurso). Em ambas as categorias, os textos devem ser inéditos, levando à eliminação o candidato que não obedecer a essa exigência.

Adriana Helena Santos, chefe da Divisão de Arte e Cultura da Unifor e uma das organizadoras do projeto, deu mais detalhes sobre as edições anteriores e o procedimento de seleção dos textos. “Em 2007 foi instituído o primeiro Prêmio de Literatura Unifor, que entrou com contos […] é um prêmio que acontece a cada dois anos; tivemos em 2009, com crônicas, em 2011 com poesia e agora nós retomamos para os contos”.

Adriana Helena. Foto: Arquivo pessoal
Adriana Helena. Foto: Arquivo pessoal

Adriana vê o concurso como uma forma positiva e construtiva de incentivar os alunos, não só cearenses, como também de outros Estados, a produzirem e exporem seus trabalhos “Eu acho que isso é um grande incentivo, tanto para quem começa, quanto para quem já está na trajetória, porque a pessoa tem a oportunidade de ter aquele material editado e publicado. Isso é muito bom para o seu currículo e para sua trajetória”.

O idealizador do projeto, professor Batista de Lima, ex coordenador do antigo Centro de Ciência Humanas da Unifor, professor de literatura, escritor e membro da Academia Cearense de Letras, ressalta a importância da universidade promover esse concurso “Sabe-se que a mídia não publica poesia. Você não vê poesia nos jornais. Então o poeta que é bissexto (tem poucas obras ou publicações) tem a oportunidade de concorrer com até três poemas. Além disso, o autor cearense tem muita dificuldade em editar seus livros. É necessário, por exemplo, deixar de comprar um carro para se editar um livro. E depois o fato de que, aqui em Fortaleza, existem 25 editoras, aproximadamente, mas nós não temos distribuidoras, ou seja, os livros encalham aqui”.

Batista de Lima. Foto: Reprodução Internet
Batista de Lima. Foto: Reprodução Internet

Segundo o professor Batista, o outro grande objetivo do concurso é criar um evento novo, já que a Unifor é pioneira na promoção de eventos literários como este.

Na última edição, foram contabilizados quase 400 textos, que foram avaliados durante um mês pela comissão. O processo se repetirá esse ano e os vencedores desta atual edição serão divulgados em uma cerimônia que acontece no Teatro Celina Queiroz, no dia 21 de março de 2014, data em que a Unifor completa 41 anos.

Além da publicação dos textos, o primeiro lugar da categoria obra inédita ganha uma viagem para conhecer a Biblioteca Nacional de Washington (EUA) e o da categoria trabalho inédito, uma viagem para conhecer a biblioteca do Rio de Janeiro.

Priscila Baima, aluna do curso de Jornalismo na Unifor, vai inscrever seu livro de contos no concurso e ressalta a expectativa de poder escrever um texto narrativo, tão difícil no campo jornalistíco atual. Sabia da existência do prêmio, mas não sabia que a Unifor promovia. E foi uma surpresa para mim. Faço jornalismo e, particularmente, acho difícil podermos ter essa oportunidade de escrever textos narrativos como é o conto. Vou concorrer com o Brasil inteiro, mesmo assim estou cheia de expectativas”.

Mais informações sobre o concurso e a premiação podem ser encontradas no edital.

Texto: Andrezza Albuquerque

Um comentário em “Prêmio Unifor de Literatura prestigiará autores desconhecidos

  1. Entendo que a Universidade não quer que pessoas de outras cidades/Estados participem. As inscrições para o concurso de contos iniciaram dia 25/10, mas pelos correios, poderiam ser feitas somente até o dia 29/10. Ou seja, somente quatro dias de prazo? Quando tomei conhecimento da notícia o prazo já havia expirado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s