[Foca Nessa] Sorte: Um caso de Estupro

DSC_0080 cópia

Sorte é o primeiro livro de Alice Sebold, lançado em 1999, que conta todas as suas experiências após ter sido estuprada em um parque perto do campus da Universidade de Syracuse, nos EUA. Não há uma busca pelo grande significado das coisas, nem das feridas psicológicas abertas na alma de Alice. De certa forma, o livro é tudo o que se poderia esperar que ele não fosse. Sem mensagens, sem lições de vida. Só uma história real.

De inicio, já no local do estupro, sem rodeios ou enfeites, a personagem não nos é apresentada ali, tudo o que se sabe é que ela é só uma garota estuprada, apenas mais uma. “No túnel onde fui estuprada, um túnel que antes era estrada subterrânea de um anfiteatro, de onde atores emergiam debaixo dos assentos do público, uma menina havia sido assassinada e esquartejada. Quem me contou essa história foi a polícia. Em comparação com ela, disseram, que eu tive sorte”. Nesse trecho entende-se o título da obra.

Alice tinha 18 anos quando ocorreu o crime que a mudou, mas não afundou a mulher que ela veio a se transformar. O estuprador a definiu como a garota mais feia que ele já estuprara, mas, mesmo assim, fez tudo o que fez. Sob a ameça de uma faca, a garota teve seu corpo, até então virgem, violentado. Ao acabar, o criminoso chorou, pediu desculpas por tudo, e disse que ela era uma garota legal. No momento ela o perdoou, afinal diria qualquer coisa apenas para ir embora. Na despedida ele gritou: “te vejo por ai, Alice!”.

sebold

A garota “morta” fala sobre como sua vida ficou após o estupro, do envolvimento com drogas, da relação com a família e com os amigos, dos seus pensamentos e sentimentos. O livro também aborda as dificuldades e as pressões que as vítimas de estupro enfrentam, porém foca com mais precisão na mente de uma pessoa que luta para não se considerar uma vítima, apesar de tudo o que sofreu. O importante, para ela, foi, de fato, manter a calma e a lucidez, e lutar por uma vida normal.

Depois de Sorte, Sebold publicou, em 2002, o best-seller Uma vida interrompida. O livro é um romance sobre uma menina de 14 anos que é estuprada e assassinada pelo vizinho. A personagem principal conta sua história do Céu, olhando para baixo quando sua família tenta lidar com a morte dela e enquanto seu assassino escapa da polícia. Este romance foi adaptado para um filme de 2009, de Peter Jackson, chamado Um olhar do Paraíso.

Enquanto Alice trabalhava em Uma vida interrompida, ela conheceu o marido Glen David Gold, na faculdade, e hoje vivem em São Francisco (EUA). O segundo romance de Sebold, Quase Noite, foi lançado em 2007. A autora ganhou o American Book, Associação de Livreiros do Ano de Ficção Adultos em 2003 e o Prêmio Bram Stoker pelo primeiro romance em 2002. Ela também foi indicada na categoria romance naquele ano.

Texto: Cidney Sousa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s