[Entrevista] Na semana do meio ambiente coordenador do curso de Engenharia Ambiental fala sobre o tema

IMG_0563

Na foto, o entrevistado Oyrton Monteiro, atual coordenador de Engenharia Ambiental

Durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo (Suécia), no ano de 1972, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 5 de junho como o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data lembra a importância do cuidado que se deve ter com a preservação dos recursos ambientais e com a preservação da natureza.

O coordenador do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, na Universidade de Fortaleza (Unifor), Oyrton Monteiro Junior, conversou com o Blog do Labjor sobre os sonhos dos profissionais que trabalham nessa área, como a cidade de  Fortaleza está em relação à manutenção dos espaços verdes e os projetos desenvolvidos com os alunos no curso, confira.

Nesses tempos de modernidade, indústria e tecnologia, qual o maior sonho de um engenheiro ambiental?

É trabalhar em um equipamento [cidade, indústria, empresas] totalmente sustentável e inteligente.

Esse sonho é possível?

Atualmente, em alguns locais sim, mas no Brasil ainda não existem exemplos.

Qual é a importância do espaço “verde” no bem estar do cidadão?

Os espaços verdes são equipamentos de 1ª necessidade para o desenvolvimento de atividades físicas e de entretenimento. Nas cidades em que não tem praças, lagoas urbanizadas, os cidadãos correm risco de vida por praticar essas atividades em vias, ruas e calçadas, em lugares não adequados.

Como aproveitar os poucos espaços verdes em Fortaleza?

O primeiro passo é evitar a ocupação desses poucos espaços ainda existentes em nossa cidade para moradia, por exemplo. O segundo, é a criação de novos espaços.

O curso de Engenharia Ambiental tem algum projeto “verde” voltado  para a Universidade ou para fora dela?

Temos o projeto que estuda o Parque Ecológico do Cocó para identificar os impactos por causa da ocupação no entorno, plantas exóticas e invasoras, e qualidade da biodiversidade. Dentro da Universidade, tem a coleta de pilhas e baterias. Para o semestre que vem, estamos pensando em um projeto de compostagem. Também tem os TCCs [Trabalhos de Conclusão de Curso] que desenvolvem projetos, como um que está estudando a possibilidade de reutilização da água de ar condicionado. Um outro é um estudo gravimétrico sobre os resíduos sólidos gerados no bloco D.

Texto: Larissa Vieira e Deborah Tavares

Foto: Larissa Vieira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s