[Claquete] O ato de falar por meio de luz e sombras

O_sal_da_terra

O cineasta Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado encontram na história do fotógrafo brasileiro, Sebastião Salgado, uma boa forma de falar o que é a arte da fotografia com o documentário “O sal da terra”. Wenders descobriu Sebastião após ficar comovido com fotos que encontrou para vender do artista. Ele via nas fotos a importância que o retratista dava em demonstrar o que aqueles que estavam sendo fotografados estavam sentindo.

Sebastião Salgado era um economista nada apaixonado pela profissão, mas ao tirar a primeira foto através da máquina fotográfica de sua esposa, encontrou ali seu verdadeiro amor profissional. Salgado decidiu tomar a arriscada escolha de largar a profissão de economista e recomeçar do zero como fotógrafo. Passou um tempo se descobrindo na fotografia, até que descobriu qual era o seu talento: tirar fotos sobre as pessoas.

Ao descobrir qual era seu rumo na fotografia, Sebastião começa fotografando imagens muito pesadas, com muita dor e sofrimento. As imagens tiradas faziam com que ele ficasse desacreditado na humanidade e quase desistisse do ato de fotografar, mas encontra no meio ambiente um novo foco e reinventa na fotografia.

Depois de dez anos morando fora, o fotógrafo volta para o Brasil. Ao ver que muitas coisas haviam mudado, resolve “passear” pelo território e explorá-lo. O primeiro local escolhido é o nordeste, pois nunca havia ido à região, mas sempre sonhou em conhecer. Foi aos interiores mais sofridos, onde a vida e a morte andam lado a lado.

O documentário é admirável, faz com que espectador tenha um novo olhar sobre as fotografias, as sensações que elas transmitem e também sobre a vida do fotógrafo. É uma ótima dica para quem está no ramo fotográfico ou para quem deseja adentrar nele. A obra foi indicada ao Oscar de 2015 na categoria ‘melhor documentário’.

Ficha Técnica

Direção: Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado.

País: Brasil

Ano: 2014 (produção)

Gênero: Documentário, Biografia

Texto: Larissa Vieira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s