Gestão de campanhas eleitorais é tema do próximo Debate Papo

debate

Em sua sexta edição, o projeto Debate Papo acontece nessa quinta feira, 3, às 8 horas, no auditório da biblioteca Universidade de Fortaleza, com o tema Marketing Eleitoral. Promovido pelo Centro de Ciências da Comunicação e Gestão (CCG), o evento tem como objetivo a interação entre alunos e profissionais que atuam na área de gestão de campanhas eleitorais.

Em ano de eleição, a discussão se torna ainda mais importante para estudantes de jornalismo e publicidade. Atualmente, marketing eleitoral é a ferramenta mais eficiente em uma campanha, uma vez que mal elaborada pode levar o candidato a erros irreversíveis. Entre os assuntos, planejamento do conceito do candidato, a determinação de estratégias, a organização da campanha e o planejamento de mídia.

Para abordar o tema, foram convidados Apolônio Aguiar, diretor de comunicação digital da AD2M, que atua na área da comunicação há mais de 20 anos, Renato Ribeiro, redator da agência Bolero Comunicações, que participou de 11 campanhas majoritárias e Ricardo César alcântara Weyne, publicitário experiente em marketing eleitoral, integrou em diversas campanhas eleitorais de vários políticos do Estado.

ELEIÇÕES 2014

Em Outubro desse ano, o pleito vai eleger o presidente e vice-presidente da República, deputados federais, senadores, governadores e vice-governadores, deputados estaduais; o governador e vice-governador do Distrito Federal e os deputados do Distrito Federal.

SERVIÇO

Data: 3 de abril

Horário: 8 horas

Local: Auditório da Biblioteca da Unifor

Texto: Victor Lima 

Unifor oferece 15 cursos de graduação executiva este ano

Foto: Avner Menezes
Foto: Avner Menezes

A Universidade de Fortaleza está agora com 15 cursos de Graduação Executiva (tecnológica) distribuídos no Centros de Ciências da Comunicação e Gestão, Tecnológicas e Saúde.  Os cursos duram em média de dois a três anos e cada um oferta 50 vagas. No Centro de Ciências da Comunicação e Gestão, os cursos oferecidos serão de Eventos, Gestão da Qualidade, Gestão de Recursos Humanos, Hotelaria, Marketing, Processos Gerenciais, Gestão de Turismo, Design de Moda e Design Gráfico; no Centro de Ciências Tecnológicas,os cursos são Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Construção de Edifícios, Design de Produto, Petróleo e Gás e Energias renováveis; já no Centro de Ciências da Saúde é representado pelo curso de Alimentos.

O objetivo da criação desses cursos é fazer com  que Fortaleza consiga suprir a demanda de profissionais nessas áreas, visto que a cidade será sede de jogos da Copa do Mundo em 2014 e de outros eventos importantes. “Exemplo disso são os cursos de Gestão de Turismo e de Eventos, que surgem na Universidade no momento em que a cidade se prepara para receber grandes eventos. Para isso, precisamos oferecer ao mercado profissionais capacitados em um curto espaço de tempo”,declara a diretora do Centro de Ciências da Comunicação e Gestão, Clara Bugarim.

Os cursos de graduação executiva são caracterizados por terem curta duração (em média de dois a três anos). O método de certificação intermediária possibilita que o aluno que cursar uma graduação tecnológica na Unifor receba certificação de referente ao término de cada módulo, referente a dois semestres, o que acelera a possibilidade do universitário ingressar no mercado de trabalho de forma mais rápida e com experiência comprovada.

Veja agora alguns recursos que a Unifor oferece para viablizar a ingressão e estadia dos alunos universidade, além de projetos internos que facilitam o aprendizado e a interação aluno/professor:

Pré-seleção das disciplinas

A Unifor oferece um serviço que permite aos alunos o planejamento do semestre a ser cursado, possibilitando a escolha das disciplinas, no horário mais conveniente ao estudante. Esse serviço chama-se sondagem e pode ser feita no portal do aluno, no site da Unifor. A sondagem é uma simulação que será efetivada na matrícula e é utilizada como ferramenta de organização, tanto por parte dos alunos, como da universidade.

Fies

O Fies é o Fundo de Financiamento Estudantil criado pelo MEC, que permite financiar o curso de graduação dos alunos da educação superior, matriculados em universidades pagas. As inscrições devem ser feitas no Portal SisFies. Após a conclusão da inscrição, os documentos pedidos devem ser levados para a Divisão de Assuntos Estudantis (DAE), em até 10 dias após ela ser efetuada. Com a validação dos documentos, o aluno deve levá-los a instituição bancária escolhida, para formalizar o contrato do Fies.

Grupos de Estudo Dirigido

Por meio de projetos pedagógicos que visam a interação entre alunos e professores e entre os centros de Ciências Jurídicas, de Comunicação e Gestão e de Saúde, além de incentivar o engajamento na vida acadêmica, a Unifor oferece aos alunos os Grupos de Estudo Dirigido (GED). São realizados encontros semanais, onde os alunos monitores, juntamente com os professores orientadores, reforçam os conteúdos vistos em sala. Ao final, tendo 75% de presença nos encontros, os estudantes recebem certificado comprovando a sua participação e ainda pode ser aproveitado como créditos para a disciplina de Atividades Complementares.

Texto: Andrezza Albuquerque

Comitê da Copa convoca voluntários

Foto: Divulgação

Estão abertas as inscrições para os interessados em trabalhar na Copa das Confederações em 2013 e na Copa do Mundo em 2014, que acontecerão no Brasil. Desde o dia 21 de agosto, o site da Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa) abriu a primeira fase de seleção para os 22 mil voluntários que irão trabalhar nos dois maiores eventos de futebol do mundo. Nessa primeira etapa os interessados preenchem uma ficha de cadastro, a segunda fase será um processo de entrevistas e capacitações.

O Comitê Organizador Local (COL) já recebeu inscrições dos cinco continentes e de 101 países. Os interessados devem ter mais de 18 anos, atuar pelo menos 20 dias corridos na época dos eventos, em turnos de trabalho de 10 horas por dia. Durante o processo serão avaliados as habilidades, perfil e conhecimento de cada candidato. Ao se cadastrar a pessoa pode informar a sua área de preferência, mas as vagas serão preenchidas conforme as ofertas e os perfis que cada candidato exige.

Paulo André Baptista, estudante de jornalismo, diz que nunca trabalhou como voluntário, mas se sentiu motivado a se inscrever.”Acabei encontrando essa oportunidade (de ser voluntário) em um evento que envolve o mundo inteiro. Sempre gostei de comunicação e nunca tive medo de conhecer novos ares, então não pensei duas vezes e fiz a inscrição, que profissionalmente, vai me trazer grande experiência.”, apesar de ter se assustado com a caraga horária de trabalho. “10h/dia eu acho bastante trabalho para um voluntário. Mas, quando fazemos o que gostamos, o tempo passa rápido.”

Texto: Rafael Vasconelos 
Orientação: Profa. Adriana Santiago