Ceará tem 15% de aprovação no Exame de Ordem

oab

De acordo com dados da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Ceará tem 15,5% de aprovação no exame, estando acima da média nacional (10,3%). Mesmo assim, o resultado ainda está sendo considerado de baixo nível.

O baixo nível é demonstrado em meio ao resultado, em que 3.426 foram inscritos e somente 533 foram aprovados, entre eles 426 de Fortaleza, 66 de Juazeiro do Norte e 41 de Sobral. O motivo dessa quantidade de aprovação é dada pela grande oferta do curso de Direito, que, no Exame de Ordem, foram inscritos candidatos de 16 Faculdades diferentes no Ceará. Porém, com pouca qualidade de ensino.

A medida tomada pela OAB em parceria com o Ministério da Educação (MEC) para melhoria nas condições de ensino é dada pela fiscalização dessas faculdades. Serão consideradas fechadas as faculdades que tiverem notas abaixo da média no exame da OAB, além do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE).

MEC apoiado

Estátua Direito
Foto: Thiago Gadelha

Segundo a coordenadora de Direito da Universidade de Fortaleza, Cecília Barroso de Oliveira, o baixo nível de aprovação no exame da OAB é dada pela grande quantidade de cursos e a falta de preparo dos alunos, devido à baixa  qualidade de ensino.

Além disso, ela concorda com a posição do MEC em relação à fiscalização e fechamento de algumas Faculdades. “ O MEC está certo. É necessário verificar quais os cursos que estão viabilizando. Tem que investigar o desenvolver do curso, para que não vire uma fábrica de fazer dinheiro.” Outro assunto abordado é o lucro da OAB a partir do exame, pois todas as vezes que os candidatos realizam a prova é pago uma taxa. “A OAB lucra com a verba das inscrições, mas não faz prestações de contas.”

 As inscrições para o próximo exame ocorrerá até o dia 8 de Abril. Na primeira fase prevista para o dia 28 de Abril, será dada uma prova objetiva. Já a segunda, dependerá da aprovação da primeira, no que será realizada uma avaliação prática, marcada para o dia 16 de Junho.

Texto: Thaís Barbosa