Elo entre Cinema e Artes Visuais é tema de workshop no BNB

Workshop BNBO Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil (CCBNB) realizará nesta quinta-feira, 12, às 15 horas, o workshop Imagem em Pensamento, que terá como tema a relação entre Cinema e Artes Visuais. A mediação será feita por Annádia Leite Brito, mestranda no Programa de Pós-Graduação em Artes – ICA|UFC (PPGARTES).

Annádia Leite trabalha no ramo de pesquisa acerca das interligações existentes entre o cinema e as artes visuais, além de executar produções audiovisuais e realizar estudos práticos e teóricos na área da imagem. Com objetivo de gerar reflexão sobre o posicionamento dos dispositivos, das imagens e dos espectadores que o audiovisual possui, o workshop vai mostrar o elo que existe entre audiovisual e as artes visuais.

Entende-se como arte visual tudo aquilo que é transmitido no desenho, na pintura, na gravura, na fotografia, no cinema, entre outras plataformas. Podendo estar presente na dança, na música, no cinema, na fotografia, no teatro e em várias outras mídias.

Serão expostos trabalhos de artistas e cineastas que mesclam as suas essências profissionais e realizam filmes, curtas, instalações, exposições, explorando tanto o lado da arte visual, como do audiovisual. Para participar do evento é preciso enviar e-mail com nome completo e telefone para cultura@bnb.gov.br ou imagemempensamento@gmail.com.

Serviço

Workshop: Deslocamentos Entre Cinema e Artes Visuais
Data: 12 de dezembro, quinta;
Hora: 15h;
Local: Auditório do CCBNB (Rua Conde D’eu, nº 560, Centro);
Inscrição: Nome completo e telefone para imagemempensamento@gmail.com;
Entrada Gratuita

Texto: Giovânia Alencar

23º Cine Ceará discute atual cenário audiovisual brasileiro

Foto: Eduardo Cunha
Foto: Eduardo Cunha

23º Cine Ceará, que acontece desde o dia 7 de setembro, oferece aos participantes seminários, oficinas, mostras, homenagens, premiações e debates a respeito do atual cenário do cinema e da televisão no Brasil, principalmente, no Ceará.  Nesta terça-feira (10), a Universidade de Fortaleza sediou o seminário “ A Lei 12.485 e o Mercado Audiovisual Brasileiro”, no Teatro Celina Queiroz, iniciado às 14 horas.

O seminário contou com a presença dos palestrantes Mario Diamante, diretor de projetos audiovisuais do Grupo Bandeirantes de Comunicação, Paulo Mendonça, diretor do Canal Brasil e Débora Ivanov (Gullane Filmes). O seminário, mediado pelo professor e cineasta, Glauber Filho, debateu a produção e coprodução e as oportunidades de negócio com canais abertos e de acesso condicionado.

O debate abordou os impasses e as implicações acerca da Lei 12.485, sancionada em setembro de 2011. A Lei, criada com a promessa de mudar o cenário audiovisual brasileiro, decreta que os canais que demandam uma maioria de filmes, séries, animação e documentários em sua programação (canais de espaço qualificado) devem exibir, obrigatoriamente, 3 horas e 30 minutos semanais de conteúdo audiovisual brasileiro, sendo, no mínimo, metade produzida por produtoras brasileiras independentes.

Mário Diamante. Foto: Eduardo Cunha
Mário Diamante. Foto: Eduardo Cunha

Entre as regulamentações da lei, está que 30% dos recursos previstos devem ser destinados para produções do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Segundo Mario Diamante, as regulamentações são essenciais, porém mais ainda é motivo para o lucro dos canais beneficiados com a nova lei. “A regulamentação é maravilhosa. Entretanto tem data de validade. Isso torna fundamental a sustentabilidade dos canais da Tv Brasileira”, levantou.

A 23º edição do Cine Ceará deste ano tem como sedes oficiais o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e a Caixa Cultural Fortaleza, havendo também palestras e exibições no Hotel Seara e na Universidade de Fortaleza (Unifor). O evento vai até o dia 14 de setembro com entrada é franca.

Texto: Beatriz Santos

Porto Iracema das Artes promove orientações culturais

970121_328598170608119_1641351186_n

Durante o mês de julho, o Porto Iracema das Artes – Escola de Formação e Criação do Ceará está promovendo uma série de oficinas para habilitar formadores de projetos dos Laboratórios de Criação. Esses projetos culturais têm como objetivo a inserção de novos talentos no mercado de trabalho e são direcionados ao Audiovisual para televisão, música, teatro e artes visuais. As inscrições vão até o dia 31 de julho e as atividades formativas iniciam no mês de agosto.

Amanhã, 23, ocorrerá a “Sessões Visuais” com a presença de Solange Farkas, curadora e diretora da Associação Cultural Videobrasil. O evento dará ênfase às artes visuais e começa às 19 horas no auditório do Centro Dragão do Mar. Os interessados em participar devem se inscrever pelo site oficial.

971529_328233920644544_2086821967_n

No dia 24 ocorrerá a orientação individual para a elaboração dos projetos de artes visuais. Ela será ministrado por Bitu Cassundé e tem como finalidade o aprofundamento do conhecimento e da experiência nas artes visuais, tanto na teoria quanto na prática. A programação irá das 14 às 17h, no espaço Multiuso do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

164938_328230687311534_266553675_n

Ainda esse mês é possível obter orientações para os outros espaços oferecidos, como música e pesquisa teatral. O laboratório de música acontecerá nos dias 23 e 29, das 10 às 14 horas. Já o teatral ocorrerá no dia 26 das 14h às 17:30.

Serviço:

Inscrições: http://www.inscricoesportoiracema.com.br/

E-mail: inscricoesportoiracema@gmail.com

Telefone: (85) 32195592 / (85) 3488.8608

Texto: Thaís Barbosa

[Lar Maior] Palestra de Audiovisual mostra as novas tecnologias do século XXI

Foto: Erivandro Nunes
Foto: Erivandro Nunes

563662_181636861986632_631460725_nNa noite de ontem na Universidade de Fortaleza, no bloco T, ocorreu uma oficina de áudio visual, tendo como palestrante Wellington Gabriel. O tema abordado era novas mídias, que teve uma exibição de aproximadamente uma hora. Apesar de possuir poucos alunos presentes na palestra, não deixou de ser um assunto agradável para a discussão entre os interessados.

Na oficina, o palestrante Wellington exibiu o conteúdo voltado para as novas existências da tecnologia do século XXI, mas também abordou assuntos relacionados ao marketing, que não deixa de ser um assunto de interesse das novas mídias. Gabriel também mostrou a importância do marketing para a venda dos novos produtos da alta tecnologia, além de  deixar claro que as novas tecnologias é uma das coisas primordiais para a comunicação.

Foto: Erivandro Nunes
Foto: Erivandro Nunes

Os novos avanços na área tecnológica são tantos que parecem não ter mais fim, “As ações das tecnologias estão integradas a qualquer coisa, até no que a gente menos imagina”, afirma Gabriel.

Segundo o palestrante, a tecnologia já estar muito avançada na área publicitária, ele cita alguns exemplos presentes no mercado como o QR code, é uma tecnologia que poucos publicitários fazem o uso.

O que é QR code ou realidade aumentada?

É um link onde o usuário pode usar a câmera de seu celular, webcam enfim qualquer câmera desde que esteja conectado a um aplicativo do QR code, por tanto poderá passar a câmera em frente ao código e ter acesso ao link exibindo então um efeito 3D.

Texto: Gabriela Pereira

[Série] Xerox nossa de cada dia

Com algumas opções de livrarias espalhadas pelo Campus da Universidade de Fortaleza e uma ampla biblioteca, ainda assim os alunos optam pelos Centros Acadêmicos (C.A), com o intuito de economizar e serem mais práticos. Afinal, levar algumas folhinhas é muito mais cômodo que um livro inteiro.

D.A de Comunicação de Social. Foto: Juliana Queiroz
D.A de Comunicação de Social. Foto: Juliana Queiroz

Há vários Centros Acadêmicos (C.A) pela Unifor e um Diretório acadêmico (D.A) que é o da Comunicação Social, devido ao curso ter duas opções, Jornalismo e Publicidade. Além de conter materiais de outros cursos, como Psicologia, Audiovisual e Belas Artes. As salas dos C.A’s ficam nos corredores do bloco P e Q, e podem ser encontradas também nos blocos O e I.

Os centros funcionam de 7:30 às 21h. “A xerox facilita a vida dos estudantes, pois estes fazem gastos maiores com a compra de livros, podendo assim economizar adquirindo a fotocópia nos centros acadêmicos”, afirma Marcello Magno, um dos funcionários do D.A. Pode-se encontrar além do serviço de xerox, algumas guloseimas como: biscoitos, chocolates e bombons com o intuito de agradar os estudantes e professores que frequentam o ambiente.

Texto: Juliana Queiroz

Veja a reportagem completa:

– A Unifor é uma feira livre!

 

Esta é uma reportagem colaborativa feita pelos alunos de Oficina de Ciberjornalismo da Unifor.