Unifor oferece serviço de emissão de documentos no campus

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Durante 2014, a Universidade de Fortaleza oferecerá aos alunos e demais interessados a possibilidade de obter a Carteira de Trabalho e Previdência Social no próprio Campus. A atitude surgiu com a parceria entre Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) e o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (SINE/IDT).

O serviço de solicitação da Carteira ocorrerá todo mês, durante uma semana, na sala Z-32. Os interessados devem dirigir-se até lá a partir das 7h30min da manhã, portando CPF, Identidade (ou Certidão de Nascimento/Casamento), comprovante de endereço (que apresente CEP e rua) e uma foto 3×4 com fundo branco, todos originais. Para pessoas que desejam emitir uma continuação da carteira, é necessário também apresentar a anterior. Já para 2ª Via, são obrigatórios o Boletim de Ocorrência (B.O.) e o número da Carteira antiga. A idade mínima para obtenção do documento é 14 anos.

Além do SINE/IDT, uma Unidade Móvel do Tribunal Regional Eleitoral/CE também esteve disponível no bloco Z da Universidade durante o último dia 10, prestando o serviço de regularização do Título Eleitoral. Apesar de o atendimento ter ocorrido somente na data específica, o evento deve ocorrer novamente.

“Se eu tivesse que ir para outro lugar para tirar a Carteira de Trabalho, talvez tivesse demorado muito mais para fazê-lo. Além disso, não tinha muitas pessoas no local, o que deixou o serviço bem mais rápido”, declarou a aluna de Jornalismo Adnayara Medeiros.

Sarah Aguiar. Foto: Arquivo pessoal
Sarah Aguiar. Foto: Arquivo pessoal

Já para a estudante de Publicidade & Propaganda Sarah Aguiar, que optou pelo Título de Eleitor, a principal vantagem de emitir o documento na Universidade foi a conveniência: “Já estou na Unifor todo os dias, e não precisei me deslocar até a Praia de Iracema. Não tive que enfrentar fila alguma, cheguei por volta de 13h e fui atendida na hora. Fiquei surpresa de ter recebido a carteira lá. Achei que iam me enviar por correio ou algo do tipo, mas já saí com a carteirinha na mão e isso foi muito bom”.

SERVIÇO

Solicitação da Carteira de Trabalho e Título de Eleitor no campus

DATAS DISPONÍVEIS:

Fevereiro – 25 a 28

Março – 11 a 14

Abril – 08 a 11

Maio – 20 a 23

Junho – 24 a 27

Agosto – 12 a 15

Setembro – 02 a 05

Outubro – 14 a 17

Novembro – 04 a 07

Dezembro – 02 a 05

HORÁRIO: de 7h30min às 14h

LOCAL: Sala Z-32 (Bloco Z – Universidade de Fortaleza)

Texto: Gustavo Nery

Tirar a carteira de trabalho é mais fácil do que se pensa

Foto: Divulgação

A pergunta é comum: “Consegui um estágio e estou precisando tirar minha carteira de trabalho. Como faço?”. Essa é uma das inúmeras dúvidas que estudantes desejosos de entrar no mercado de trabalho possuem. E você, sabe o que é preciso para ter esse documento?

João Pedro Ribeiro, estudante do curso de jornalismo da Unifor, afirma desconhecer o processo pelo qual se solicita a carteira de trabalho. “Eu só sei que é lá no Shopping Benfica. Mas é claro que eu sei que, pra conseguir um estágio com bolsa aqui na Unifor, eu preciso ter a carteira de trabalho. Então, eu acho extremamente importante tirar logo. Vou fazer isso semana que vem”, diz.

Mara Cíntia Nunes, recepcionista do Ministério do Trabalho, esclarece que, antes de sair de casa, existe a disponibilidade do agendamento desse processo. “Você liga pra gente informando o nome completo e CPF e nós marcamos o dia que você tem que vir com o número do protocolo do atendimento. Demora uma média de 3 a 5 dias para ser atendido aqui”. Os locais que atendem são a Casa do Cidadão, o Ministério Público e o SINE/IDT. Lembrando que ao sair de casa deve-se levar os documentos originais do RG, CPF e comprovante de residência, com CEP atualizado. A foto é tirada sem custo para todos. “Nada de xerox. Tudo deve ser original e de primeira via”, alerta Mara.

Ainda, de acordo com ela, existem duas situações para quem quer tirar a segunda via da carteira de trabalho. “Se perdeu, leve o boletim de ocorrência (B.O.) com a primeira via. Agora, se a pessoa quer a continuidade, venha com a carteira antiga. Rasurou ou molhou, leva do jeito que tá. Mas tem que levar a primeira via também”, esclarece. Para quem precisa da carteira de trabalho e não quer esperar, Mara deixa uma dica: “Se fizer de manhã, independente de primeira ou segunda via, você recebe o documento pronto à tarde.”

Letícia Lima e Sabrina Coriolano, também estudantes do curso de jornalismo, contam como foi o processo pelo qual passaram até receber as carteiras de trabalho. “Eu fui até o SINE de Caucaia de manhã cedo, porque sabia que lá se formam filas grandes. Mas não tive dificuldade não. Eles me deram uma senha e fiquei no aguardo. Entrei 8 horas e sai às 9. Levei o comprovante de endereço, foto 3×4, identidade e xérox de identidade. Aí me deram um prazo de duas semanas pra eu voltar e receber a carteira. E com duas semanas voltei e recebi. Foi super-tranqüilo”, conta Letícia. Já
Sabrina optou pelo agendamento: “Eu liguei pra lá e informaram quais eram os horários disponíveis. Marquei numa tarde. Levei toda a documentação necessária, identidade, CPF e comprovante do agendamento. Recebi minha carteira 18 dias depois. Só não gostei porque achei muito fina e a foto foi escaneada, mas, enfim.”, disse.

Texto: Glauber Peixoto