Unifor proporciona evento de acolhida aos novos alunos

Foto: Avner Menezes
Foto: Avner Menezes

Iniciando uma nova fase da vida, diversos calouros foram oficialmente recepcionados, hoje, no Ginásio Poliesportivo da Universidade de Fortaleza. Com a apresentação de Mike Lucas e Letícia Lima, o evento contou com a participação da Big Band, Companhia de Dança Unifor e Líderes de Torcida, que são núcleos artísticos da universidade.

Foram exibidos vídeos institucionais esclarecendo dúvidas frequentes sobre os diversos setores da universidade, suas abrangências e funções, como a Vice Reitoria de Extensão, a Vice Reitoria de Ensino e Graduação, a Divisão de Responsabilidades Sociais e a Vice Reitoria de Pesquisa. Além disso, foram mostrados os núcleos de estudo e pesquisa presentes em cada curso, como o Núcleo Integrado de Comunicação (NIC) para os cursos do  Centro de Ciências e Gestão (CCG),  Núcleo de Atenção Médica Integrada (NAMI) para os cursos do Centro de Ciências da Saúde (CCS) e o Escritório de Prática Jurídica (EPJ) para os cursos do Centro de Ciências Jurídicas ( CCJ).

Foto: Avner Menezes
Foto: Avner Menezes

“O evento foi muito importante para nós, calouros, conhecermos um pouco mais da universidade e termos mais informações sobre ela”, declarou a motivada aluna de jornalismo, Vanessa Gonçalo que pretende formar opiniões e fazer a diferença no mercado de trabalho.

Para finalizar, Luís Costa, formado em jornalismo pela Unifor, apresentador do programa de esportes da TV Verdes Mares, aconselhou os novos acadêmicos a seguirem campos de pesquisa, fazerem estágios e aproveitarem a estrutura proporcionada pela universidade. “Eu vejo esses alunos chegarem aqui cheio de ideias, de sonhos, de vontade de estudar. É maravilhoso poder estar compartilhando algo que eu já fiz, uma trajetória que eles vão fazer”, argumenta.

Texto: Fernanda Façanha

Conexão CSS discute produção e criação na leitura

Grace Troccoli na Conexão CCS. Foto: Avner Menezes
Grace Troccoli na Conexão CCS. Foto: Avner Menezes

Na última terça-feira, 11, aconteceu a palestra que discutia As interfaces entre leitura e formação acadêmica, no Auditório da Biblioteca. A professora de Língua Portuguesa Grace Trocolli começou a discussão citando Fabrício Carpinejar: “ler é organizar a experiência”. Parte de um dos ciclos de palestras da Conexão CSS, o evento abordava a importância da leitura na construção pessoal e profissional do sujeito, melhorando sua teoria mental.

A professora explicou que as pessoas fazem várias coisas ao mesmo tempo. O que marca a geração atual, nomeada como “Geração Y”, é a multitarefa, valorizando a atualização de informações. A professora afirmou que hoje nós falamos a partir de enunciadores e co-enunciadores, criando um processo comunicativo. “Ler organiza todo esse turbilhão de saberes, de emoções, de sentimentos, de desejos, que nós vivenciamos no nosso dia a dia”.

O processo de leitura se dá pela decodificação e compreensão do texto, em que o aluno deve adotar uma postura constante de pesquisa, tornando-se sujeito ativo da aprendizagem. “Os textos acadêmicos e científicos exigem uma função dos conceitos complexos que os constituem, um determinado tempo para serem compreendidos, introjetados e são incorporados ao nosso saber”, pontuou Grace.

Foto: Avner Menezes
Foto: Avner Menezes

A leitura é fundamental para a formação acadêmica e o hábito de ler amplia o repertório linguístico, estimula a criatividade. É possível ter mais contato com a forma de pensar do outro a partir da leitura, ampliar o conhecimento geral, emocionar-se, desenvolver o senso crítico e potencializar a escrita. “Toda e qualquer leitura pressupõe três níveis, a primeira sendo literal, saber o que o autor quis dizer e compreender imediatamente o texto, a segunda como inferencial, quando o leitor consegue levantar algumas questões sobre o texto, e a terceira é a partir daquilo que consigo criar, produzir algo a partir do que foi escrito”.

A professora encerrou a palestra citando o pscioanalista Contardo Calligaris. Em sua coluna publicada pelo jornal Folha de São Paulo, “Qual romance você está lendo?”, ele explica que “os leitores de ficção literária enxergam melhor a complexidade do outro e, com isso, podem aumentar sua empatia e seu respeito pela diferença de seus semelhantes. Com um pouco de otimismo, seria possível apostar que ler literatura seja um jeito de se precaver contra sociopatia e psicopatia”.

Texto: Marcelo Tavares

“Você tem que ser muito esforçado para ficar doente”

Nuno Cobra/ Foto: Thalyta Martins

Conhecido pelo trabalho desenvolvido com Ayrton Senna, foi o médico Nuno Cobra que fechou a quarta-feira do Mundo Unifor. Convidado no dia do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Cobra falou por quase duas horas passeando pelas fileiras de cadeiras dos que estavam assistindo a palestra.

“Você não gosta do que você faz. Você só faz o que você gosta. Aquelas pessoas que fazem muitas coisas ao mesmo tempo, elas gostam do que fazem. Aquele cara que num faz nada, ele gosta de não fazer nada” (Nuno Cobra)

Continue lendo ““Você tem que ser muito esforçado para ficar doente””

Hoje é dia de saúde no Mundo Unifor

Soraya Gomes Rocha, assessora da direção do CCS/ Foto: Mahamed Prata

Hoje é o terceiro dia do Mundo Unifor, o dia dedicado à área da saúde. Para a assessora da direção do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade, Soraya Gomes Rocha, mostras como esta possibilitam um conhecimento mais aprofundado, não só para os cursos dessa área , como para todos os outros oferecidos pela Universidade.

Atualmente, na área da saúde, a Universidade de Fortaleza (Unifor) conquistou o primeiro lugar no nordeste e terceiro no Brasil em qualidade de cursos, de acordo com a revista “Guia dos Estudantes”. “É uma possibilidade de mostrar para o público interno e o externo a qualidade e a estrutura do ensino que a Unifor tem a oferecer”, comemora.

O alunos do Centro estão apresentando resultados de pesquisas e expondo para ao público  externo como funcionam os laboratórios e os cursos em si.

Texto: Pedro Motta
(pedro.motta@live.com)

Orientação: Profa. Adriana Santiago