Programa oferece bolsas de intercâmbio para alunos da Unifor

bolsa ibero americana
Foto: Divulgação

Estão abertas as inscrições, até o dia 11 de maio, para o Programa Santander Ibero-Americano. Dez alunos da Universidade de Fortaleza serão selecionados para participar do intercâmbio acadêmico de seis meses em uma das 57 instituições de ensino. As universidades são da Argentina, Espanha, Chile, Colômbia, Portugal e Porto Rico.

Os interessados devem estar regularmente matriculados e terem entre 30% a 70% de conclusão do curso. Além disso, precisam apresentar a Performance de Média Global (PMG) igual ou superior a 8.0 (oito), não conter reprovação e ter proficiência no idioma espanhol. Os estudantes devem, ainda, possuir passaporte e nacionalidade brasileira, ou serem natos, com idade maior que de 18 anos.

Para efetuar a inscrição, é preciso apresentar à Divisão de Assuntos Estudantis (DAE) os seguintes documentos: histórico acadêmico, carta de motivação (com no máximo duas laudas, explicando os motivos em participar do programa), cópia do passaporte (com validade mínima até dezembro de 2015) e cópia do certificado de conclusão do curso de Espanhol (ou apresentar o Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira -DELE). No final do processo, deve haver a comprovação da inscrição no portal do Santander.

A seleção será efetuada por meio de uma prova (escrita, objetiva, de múltipla escolha, composta por 30 questões), uma entrevista (entre os dias 19 a 23 de maio). A última composição da nota será a inclusão da PMG. O resultado está previsto para o dia 2 de junho.

Foto: Arquivo pessoal
Carola Riffel. Foto: Arquivo pessoal

A estudante de psicologia da Unifor, Carola Riffel, participou em 2012 do programa, com intercâmbio na Universidade Empresarial Siglo 21, na Argentina. Segundo ela, essa oportunidade rendeu experiências válidas para sua carreira profissional, além do conhecimento de outro idioma. “O contato com outra cultura, a vivência em outra universidade, a prática do idioma, proporcionou o aperfeiçoamento do meu curso em outro país. É importante saber espanhol, mas falar diariamente possibilita o domínio da língua”, relembrou.

O Programa

Este programa foi lançado em 2011, com o intuito de promover intercâmbios acadêmicos anuais, até 2015, para graduandos em 10 países da região Íbero-Americana. Cada um recebe uma bolsa de estudos no valor de 3 mil euros, que devem ser utilizados como auxílio para custos como transporte, hospedagem e alimentação.

Mais informações: www.santanderuniversidades.com.br/bolsas

Texto: Fernanda Façanha

Intercom 2012: Brasil e Chile no centro do debate

    

Foto: Thais Moreira

Teve início, na manhã do dia 03, o Colóquio binacional Brasil-Chile, um sub-evento da Intercom que acontece antes da abertura oficial do congresso. Com o tema “Comunicação, cultura e entretenimento”, a primeira mesa reuniu trabalhos com os mais diversos assuntos. O primeiro a ser exposto (“Educar o entretener: that is the question. El edultainment en el discurso del periodismo de ciencia y tecnología”, de Doris Johnson Barella, Bernardo Soria Ibacache e María de Los Angeles Muranda Bustamante, da UPA) trouxe pesquisas sobre o edultainment, cuja tradução ao pé da letra para o português quer dizer entretenimento educacional.

Em seguida, Thiago Soares apresentou um trabalho em que discutiu a relação entre as músicas de Carmem Miranda e Michel Teló, segundo a abordagem da revista estadunidense Forbes. María de los Angeles afirmou que não existe fenômeno parecido ao cantor brasileiro no Chile. Para seu conterrâneo Bernardo Ibacache, os jornalistas têm um papel social muito forte e, por isso, devem estar sempre atentos ao precário equilíbrio entre a educação e o entretenimento.

E Michel Teló e Carmem Miranda têm muito mais em comum do que pensamos num primeiro momento: o duplo sentido, as onomatopeias e o fato de terem exportado música popular brasileira.

Para encerrar a manhã de hoje, pesquisadoras de universidades cearenses apresentaram um trabalho sobre a Fundação Casa Grande, uma ONG que funciona no interior do Ceará, na cidade de Nova Olinda. Após as pesquisas de recepçåo, elas constaram que existe uma seleção entre as músicas e filmes veiculados na ONG, ou seja, há uma seleção na própria indústria clutural.

O clima do Colóquio é de descontração. Sergio Mattos passou mais de uma hora conversando com a equipe organizadora que está cuidando deste sub-evento. Também passaram por aqui Sonia Virgínia Moreira, Margarida Kunsch, Antonio Carlos Hohlfeldt (presidente da INTERCOM) e vários outros simpáticos professores.

Texto: Marília Pedroza
Orientação: Profa. Joana Dutra