[Foca Nessa] O fim do mundo tá na mídia

Foto: Divulgação

A civilização Maia prevê que no dia 21 de dezembro de 2012 o mundo passará por grandes mudanças em todos os sentidos. Essa é uma das sete profecias mais conhecidas do povo que habitou a região central da América por volta de 1500 a.C. a 250 d.c. , famosos pelo desenvolvimento da astronomia e do calendário. O assunto apocalíptico, que assusta muita gente, já virou piada nas redes sociais e agora é tema de programas de televisão.

Em “Como aproveitar o fim do mundo”, série exibida pela Rede Globo, às quintas-feiras, 23h, um casal se aventura para realizar em 49 dias seus maiores desejos, antes que o mundo se acabe. Interpretados pelos atores Danton Mello e Aline Moraes, Ernani e Kátia, têm crenças diferentes, entretanto se unem para realizar os desejos um do outro. O roteiro é de Fernanda Young e Alexandre Machado, o mesmo casal que assina seriados de sucesso, como Os Normais e Macho Man. O último

Fernanda Young apresenta Confissões do Apocalipse, no GNT e escreve o roteiro de Como aproveitar o fim do mundo, Globo.

episódio deve ir ao ar a meia-noite do dia 21 de dezembro, data prevista para o fim do mundo. No site do programa é exibido uma contagem regressiva, com dias e horas para esse evento.

Além de escrever “Como aproveitar o fim do mundo“, Fernanda Young também apresenta o programa “Confissões do Apocalipse”. Nesse, a apresentadora entrevista convidados famosos em um cenário decorado com simbolos da cultura Maia. As perguntas giram em torno de situações que normalmente os entrevistados não expõem na mídia, entretanto, antes do fim do mundo, essas declarações seriam permitidas. O programa tem, em média, 20 minutos e passa às sextas feiras, 20:30, no canal GNT. Entre os entrevistados já estiveram a atriz Marisa Orth, a comediante Dani Calabresa e a cantora Fernanda Abreu.

Mais:

Nesses últimos anos, também foram lançados vários filmes e livros sobre o fim do mundo. Dentre os longas, o destaque vai para “2012”, de  Roland Emmerich  , lançado em 2009, que levou multidões no mundo todo para o cinema. O filme, em referencia as profecias dos Maias, exibe as catástrofes naturais que acontecem nesse ultimo ano da terra.

Já em “Procura-se um amigo para o fim do mundo“, filme recentemente publicado na [Claquete] aqui do Blog, o fim é abordado com muito humor.  No mesmo estilo da lista que os personagens do seriado global e do filme “Procura-se um amigo para o fim do mundo” criaram para aproveitar os últimos dias, o jornalista Duda Rangel publicou em seu Blog, Desilusões perdidas, 10 coisas para um jornalista fazer antes do fim do mundo.

Texto: Lorena Cardoso