Evento promove o debate sobre a cena dramatúrgica na Universidade

943498_309404709191068_706453527_n

A Mostra Artística de Produções Acadêmicas (MAPA) acontece amanhã no Teatro Celina Queiroz, às 19 horas. Na mostra, serão exibidas as produções culturais dos alunos do curso de Belas Artes. Segundo a organizadora da mostra, a aluna Manoela Elias (diretora do espetáculo “Despertar da Primavera”, que estava em cartaz no Celina Queiroz no ano passado), o evento tem o propósito de trazer o público e os profissionais da área mais próximos dos processos artísticos vividos dentro da Universidade. “Queremos abrir um espaço para a apreciação e debate sobre a arte que está sendo produzida aqui dentro”, diz.

O evento vai começar com a leitura dramática do texto “Arrumando a Casa”, de Raffael Barroso, que é ator e o autor do texto. O debate e a leitura do texto servirão como um ponto de partida para a pesquisa de conclusão do aluno, que apresentará o espetáculo completo no começo do próximo ano.

Após a leitura, haverá um debate liderado pelo professor e doutor em música, Carlos Velázquez. Os convidados são: a professora, pesquisadora e atriz Natasha Faria; o ator, dramaturgo e sócio-fundador do Grupo Bagaceira de Teatro, Rafael Martins e a bailarina, atriz, coreógrafa, fundadora/diretora do Grupo de Dança Tablado e presidente da Prodança, Graça Martins. O  primeiro destino é a cena dramatúrgica contemporânea, exibindo a obra ”Arrumando a Casa”, de Raffael Barroso. O tema do debate será “A Cena Dramatúrgica Contemporânea”, a partir da leitura dramática do texto de Raffael.

O evento conta ainda com a participação dos artistas/cenógrafos, Mônica Almeida e Lucas Góes, com a produção do ator/produtor, Sidney Ximenes, e a Produção Executiva da Professora Adriana Helena. As filmagens do dia do evento farão parte de um futuro documentário sobre o processo de pesquisa e montagem do espetáculo “Arrumando a Casa”.

MAPA

Local: Teatro Celina Queiroz

Data: 28 de maio

Horário: 19 horas

Texto: Patrícia Borges

Estudantes montam musical para concluir graduação


O curso de Belas Artes, da Universidade de Fortaleza, apresenta durante o mês de novembro, o musical O Despertar da Primavera. Adaptação da peça do alemão Frank Wedekind, criada em 1891, mas que foi ao palco apenas em 1906, por se tratar de assuntos bastante polêmicos para a época e que ainda são temas delicados para os dias atuais.

A aluna Manoela Elias decidiu fazer da adaptação de O Despertar da Primavera o seu Trabalho de Conclusão de Curso TCC. “Resolvi montar esse musical para falar para as pessoas através da música e do teatro, coisas que ainda precisam ser ditas. A peça é uma maneira de levar ao público não só um espetáculo, mas uma história, uma mensagem”, declara a jovem.

O musical é baseado no drama dos adolescentes e em suas dificuldades de aceitarem as normas sociais. O espetáculo tem duas horas de duração, com um intervalo de 10 minutos, e conta com letras da Broadway traduzidas para o português por Claudio Botelho. Vale ressaltar que os atores da peça também são cantores.

A diretora, Manoela, conseguiu agregar vários alunos e colaboradores, como a Unifor, para seu musical. São aproximadamente 25 pessoas que ajudaram a montar o espetáculo, incluindo os 13 atores. O material de divulgação e os vídeos foram feitos por alunos da Unifor, como o designer Saul Sales, do curso de Publicidade e Propaganda, e Maurício Macêdo, do curso de Audiovisual. O musical é uma oportunidade da cena local valorizar os artistas cearenses.

SERVIÇO:
Musical “O Despertar da Primavera”
Local: Teatro Celina Queiroz
Data: 3 e 4 de novembro (sábado e domingo)
Censura: 14 anos
Grátis

Texto: Beatriz Vieira e Vitória Matos
Acerola – Assessoria de Comunicação