Dia Mundial do Teatro ganha espaço no Ceará

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

No último dia 27 deste mês foi comemorado o Dia Mundial do Teatro. A data foi instituída em 1961, pelo Instituto Internacional de Teatro, e tem o objetivo de promover a arte, realizando espetáculos gratuitos e homenageando seus maiores artistas e obras. Anualmente, o Instituto convida uma personalidade influente do mundo artístico para escrever a Mensagem Internacional, que consiste em uma reflexão a respeito do teatro e da paz entre os povos.

A mensagem é tradicionalmente executada em teatros do mundo inteiro, na noite da comemoração, sendo traduzida para mais de 20 línguas. A primeira mensagem, em 1962, foi elaborada pelo artista francês Jean Cocteau. Nos últimos anos, o cargo ficou em responsabilidade de atores renomados, como Dame Judi Dench (Inglaterra, 2010) e John Malkovich (EUA, 2012). O Brasil participou em 2009, com o texto escrito pelo dramaturgo Augusto Boal. Já para 2014, a sede do Instituto na Suíça divulgou a mensagem escrita a cargo do dramaturgo Brett Bailey (África do Sul), com a tradução em português realizada pelo cearense Tonico Lacerda Cruz, diretor da Cia. Plural de Artes Cênicas.

Programação no Ceará

Como parte das comemorações da data, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) promoveu a reabertura do Teatro Carlos Câmara. Inaugurado em 1974, sob o nome de Teatro da Emcetur, posse da Secretaria de Turismo, o local teve grande destaque entre as décadas de 70 e 80, mas fechou em 1994.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após reformas, o teatro foi reinaugurado em 2012, pelo governador Cid Gomes, e cedido à Secretaria da Cultura. Entretanto, seu retorno efetivo aconteceu no dia 27, com a reabertura oficial para o público. A programação, organizada pelo diretor do Teatro, o dramaturgo, ator e produtor cultural Fernando Piancó, incluía um espetáculo intitulado “Carlos Câmara em Três Tempos: do autor ao teatro, do teatro ao futuro”, que conta a trajetória do dramaturgo que dá nome ao local, além de outras apresentações.

Outro ambiente alvo das festividades da data, o Theatro José de Alencar prepara programação com cinco produções, entre o dia 27 e o dia 30. Na Sexta, o palco do TJC recebeu os espetáculos “Corpornô” e “E agora, nós?”, este último permanecendo até amanhã. Nesse fim de semana, é a vez da nova temporada do espetáculo “Orlando”, baseado na obra de Virgínia Woolf, e de “Graça”, solo da bailarina Graça Martins, que ocorrerá em apresentação única, no último dia de comemorações.

Teatro nas universidades

O impacto do Teatro na vida de algumas pessoas pode ser decisivo, a ponto de definir sua vida profissional. Esse é o caso de Sérgio Cavalcanti, estudante de Artes Cênicas na Universidade Federal do Ceará. “O Teatro sempre fez parte de mim, desde que me entendo por gente. Em dado ponto da vida, decidi que as artes já eram essenciais, a ponto de moldarem minha personalidade e de se tornar uma carreira profissional. Não me via sentado trabalhando num escritório, mas sim sentindo meu corpo vibrar com os exercícios nas salas de ensaios ou sob as luzes em cima de um palco”, afirmou, após explicar que passou o Dia Mundial do Teatro preparando-se para seu novo espetáculo, “Vagabundos”, marcado para Abril.

O grupo Mirante, da Universidade de Fortaleza, celebrou o dia realizando um Cortejo pelos principais blocos do Campus, que consiste em uma festividade aberta, com o intuito de integrar todos os atores do grupo com acadêmicos e funcionários, divulgando a data. “Faz parte da nossa premissa formular a reflexão nas pessoas. O Teatro não é didático; ele estimula a criticidade e a reflexão, para que as pessoas cresçam nas suas áreas. A arte possibilita isso”, explicou a diretora do Grupo, Kelva Cristina.

SERVIÇO 

Comemoração Dia Mundial do Teatro

Theatro José de Alencar

Endereço: Rua 24 de Maio, 600, Centro

Espetáculos que aconteceram e ainda vão acontecer durante os dias de comemoração

Jacu
Solo de palhaço de João Andrade Joca
Data: Quinta-feira, 27 de março
Horário: 15h.
Grátis.

Livre para todas as idades

Corpornô

Espetáculo de dança da Cia Dita. Concepção e direção: Fauller
Data: Sexta-feira, 28 de março
Horário: 20h.
R$ 15 e 30. Para maiores de 18 anos

E agora nós?

Três histórias curtas de amor e morte, espetáculo do grupo teatral Loa
Período: Sexta-feira a domingo, 28 a 30 de março
Horário: 19h.
R$ 6 e 12. Para maiores de 16 anos

Orlando 

Espetáculo de teatro do grupo Expressões Humanas

Direção: Herê Aquino
Data: Sábado e domingo, 29 e 30 de março
Horário:18h.
R$ 10 e 20. Para maiores de 12 anos

Graça

Solo da bailarina Graça Martins

Concepção e direção: Andréa Bardawil

Data: Domingo, 30 de março
Horário:17h.
R$ 10 e 20.

Livre para todas as idades

 

Texto: Gustavo Nery

Festival de Artes Cênicas acontece até amanhã

festival artes cenicas hamlet (1)

Para quem ainda não conferiu as atrações do VII Festival de Artes Cênicas, ainda dá tempo! As atrações que vão desde espetáculos de teatro, oficinas e performances de dança, até espetáculos de rua e exibição de filmes, acontecerão até esta quarta-feira, 27.

Os últimos dois dias de programação do festival, 26 e 27 de março, guardam surpresas como apresentação com o Quebra Cocos; o espetáculo LOA, uma cartografia cênica afro-cearense do maracatu e apresentação de ventrículo, com Rodrigo do Boneco.

Ary Sherlock e Antonieta Noronha. Foto: divulgação
Ary Sherlock e Antonieta Noronha. Foto: divulgação

Para encerrar o evento, uma homenagem à atriz Antonieta Noronha, conhecida como a “dama do teatro cearense”. A solenidade acontecerá na quarta-feira (27), às 19, no Teatro SESC Emiliano Queiroz e será seguida da peça “Uma de Duas – a vida comum de LucyLady”.

 As últimas apresentações dividem-se entre o Teatro José de Alencar, o SESC SENAC Iracema, Sesc Emiliano Queiroz e o Educar Sesc, reunindo 24 grupos de teatro, sendo 21 deles do Nordeste.

Histórico 

Foto: Rafael Passos
Foto: Rafael Passos

Em seu sétimo ano de realização, o Festival das Artes Cênicas, em Fortaleza/CE, Juazeiro do Norte/CE e Sousa/PB, passa a ter papel ainda mais fundamental no processo de consolidação das artes cênicas nordestinas no cenário regional e nacional.

Para esta edição, o Festival tem como objetivo principal expandir seu relacionamento com o teatro local, incluindo seus contextos e funções sociais à luz da prática da cultura.

O Festival terá o encerramento da programação no dia 27 de março, Dia Mundial do Teatro, proporcionando a artistas, técnicos e produtores comemorarem fazendo o que fazem de melhor, a Arte.

O Espetáculo

O esperado Festival das Artes Cênicas, apresentado pelo Centro Cultural Banco do Nordeste e Ministério da Cultura,  estimula o intercâmbio, especialmente do eixo Nordeste.

Por que

O Festival mobiliza três cidades: Fortaleza, Juazeiro do Norte, no Ceará e Sousa, na Paraíba, além de grupos de todo o Nordeste e também nacionais, possibilitando a troca de experiências entre as regiões e a arte cênica local.

Onde

O festival acontece no Centro Cultural Banco do Nordeste em Juazeiro do Norte e Sousa; e em Fortaleza, conta com quatro  pólos: no Theatro José de Alencar, Sesc-Senac Iracema, Sesc Emiliano Queiroz e Educar Sesc.

Serviços

Teatro SESC Emiliano Queiroz
Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro
Fone:  (85) 3452-9066

Teatro Sesc Senac Iracema

Rua Boris, 90 – Praia de Iracema

Fone: (85) 3252-3435

Área de Convivência da Unidade Fortaleza 

Rua. Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro

Educar Sesc

Rua  José Jatahy, 813 – Farias Brito

Texto: Juliana Teófilo