Unifor Experience promove júri simulado

Estudante de Direito durante júri simulado/ Foto: Alexandre Abreu

Os 108 alunos de ensino médio da escola Dáulia Bringel participaram na terça-feira, 18, do Unifor Experience, uma das atividades do Mundo Unifor, e tiveram a oportunidade de ver a simulação de um tribunal. Na visita, os estudantes conheceram as exposições Unifor Plástica e Casa de Plástico. Em seguida, foram levados ao Teatro Celina Queiroz, onde aconteceu a principal atividade do dia: o júri simulado.

Continue lendo “Unifor Experience promove júri simulado”

[Artigo] Livros de papel perdem lugar para Tablets?

 

Foto: Thalyta Martins

Por Aline Cardoso

Há uma discussão latente sobre o destino dos livros. O papel é legado dos chineses sempre foi de grande valia, mas nos últimos anos, com a ascenção das novas tecnologias, tem seu emprego na corda bamba.

É comum andar pelas ruas e ver pessoas com seus mais variados aparelhos eletrônicos, cada um com uma utilidade e às vezes um só com todas elas. Raros são os bloquinhos, caderninho de anotações, agenda telefônica, revistas, livros então, nem cabe mensurar. O hábito de ler o jornal continua o mesmo, o que mudou foi a maneira. Agora aquela enorme folha de papel com seus variados cadernos cabem numa tela de computador e nos Tablets.

E por falar neles, a discussão remete à implatação desses aparelhos em instituições de ensino fundamental e médio. A última, que por sinal foi de grande impacto, refere-se à uma publicidade proposta pelo colégio Ari de Sá Cavalcante. Com o título “Tablet substitui livros”, a propaganda trouxe repercussão, gerando polêmica sobre o assunto.

De fato, a proposta de implantação de IPads em instituições de ensino privada não é novidade, o que poucas pessoas sabem é que o Ministério da Educação (MEC) confirmou que o Governo pretende implantar nas escolas públicas um programa de educação digital com uso de tablets em conjunto com o material tradicional do Plano Nacional do Livro Didático (PNLD).

A estratégia do governo é reduzir em até 36% os preços dos aparelhos tornando-os mais acessíveis. Esse processo de obtenção até a implantação de tablets nas escolas públicas está previsto para 2014, aformou Aloísio Mercadante, ministro da Ciência e Tecnologia. O novo modelo de educação digital já foi amplamente disseminado no exterior. Países como Coreia do Sul e Taiwan já adotaram o modelo e pretendem acabar com o uso de livro (de papel) e até mesmo com as bibliotecas.

Diante da nova estrutura de educação, as instituições de ensino privado largam na frente nessa corrida tecnológica. Conservadores e ultramodernos dividem opiniões. Será que os tablets irão substituir os livros?

Jornalista Luís Nassif prevê crescimento para o Nordeste por meio de microempreendedores

O Nordeste, juntamente com a Amazônia e o Centro-Oeste, são as zonas de crescimento dos próximos anos. Foi o que o jornalista econômico Luís Nassif declarou nesta quinta-feira (18), no auditório da Receita Federal. A palestra faz parte da quinta edição do Prêmio Sefin de Finanças Municipais. “O Nordeste tem uma capacidade incrível de organização social do empreendedor”, defendeu.

Palestrante Luis Nassif, jornalista econômico. / Foto: blogdubois.com.br


O aumento do salário mínimo e o programa bolsa família tiraram muitas pessoas da pobreza. Regiões que antes estavam estagnadas passaram a gerar consumo. Esse mercado consumidor permite o desenvolvimento dos pequenos empreendedores, que, no Nordeste, são os artistas populares e os profissionais do artesanato, segundo Nassif. Para ele a consequência maior dessas mudanças é um salto na economia.

O jornalista traçou um panorama da história econômica brasileira e afirmou que há cerca de quatro anos ocorreu um fenômeno importante: a recuperação da autoestima nacional. Com isso, o jeitinho brasileiro, antes visto de forma depreciativa, é analisado de forma positiva atualmente. “Somos descolados, temos habilidade”.

Além do palestrante, o evento contou também com as presenças do vereador Acrísio Sena, presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, e do secretário de finanças da capital cearense, Alexandre Cialdini.

A abertura da cerimônia ficou a cargo do Grupo Companhia Lua de Teatro, que apresentou a esquete “Os primos”. Em tom lúdico, os três personagens contaram a história do primo rico e do primo pobre com pinceladas de esclarecimentos sobre educação fiscal. Porque “a bem da cidadania/ é preciso explicar/ é preciso aprender/ é preciso se informar”, como cantaram os atores.

O Prêmio Sefin é promovido Secretaria de Financas com o objetivo de promover a educação fiscal.

Serviço
Informações: www.sefin.fortaleza.gov.br/premiosefin
Fone: 3452 1481

Texto de Marília Pedroza

Focom lota teatro ao apresentar o NIC

De forma descontraída e informativa: foi assim que o Núcleo Integrado de Comunicação (NIC) foi divulgado aos mais de 300 alunos dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Proganda da Unifor, presentes no Teatro Celina Queiroz. O Fórum de Comunicação (Focom) ocorreu na manhã desta quarta (17). 

Um dos pontos altos do momento, a coordenadora do CCH, Eroltide Honório, se encaminha ao palco cantando e dançando em meio ao público. / Fotos: Thalyta Martins

O objetivo inicial do evento era promover a integração dos dois cursos e mostrar aos universitários as células que compõem o NIC: o Laboratório de Jornalismo (Labjor), a agência de publicidade, o Grupo de Mídia Interativa da Unifor (G1000) e a rádio Unifor. Porém, com a participação ativa da plateia por meio de sugestões, opiniões, e até reclamações, a manhã ganhou um tom de construção coletiva, tanto da parte docente como discente. “Eu tô vendo fumaça. E pela primeira vez, tô vendo que essa fumaça tem fogo!”, exclamou a coordenadora do Centro de Ciências Humanas (CCH), Erotilde Honório, se referindo ao entusiasmo dos coordenadores de Jornalismo, Wagner Borges, e de Publicidade e Propaganda, Carlos Bittencourt.

A palestra foi muito divertida e interativa. Achei muito interessante a sua proposta, pois possibilita um maior conhecimento sobre as ofertas de estágio que a universidade disponibiliza para seus alunos. Pude conhecer os produtos desenvolvidos pelo NIC’’, concluiu entusiasmada a estudante de Jornalismo, Karen Limeira.

Coordenador do Labjor, Alejandro Sepúlveda (quarto da esq. para a dir) enfatiza a importância do núcleo.
Capa da 15ª edição da revista A Ponte

Os professores e gestores de cada célula do NIC apresentaram-nas e, por meio de vídeos e slides, mostraram os produtos feitos em cada uma delas. Como o caso da revista A Ponte, produzida no Labjor, que teve a edição mais recente (à direita) distribuída durante o evento.

Fiquei muito feliz e aliviada com o resultado porque conseguimos comunicar o que queríamos de uma forma dinâmica e manter o interesse do público até o fim. Vimos que deu certo porque já tivemos feedback. Hoje mesmo alunos já vieram visitar o NIC pra ver de perto como funciona. Estamos ansiosos para realizar a oficina e receber os novos estagiários”, comemora a bolsista da rádio Unifor e estudante de Publicidade e Proganda, Thais Buarque. Ela, junto a bolsistas das outras células, divulgaram como acontece o processo seletivo para novos estagiários.

Veja depoimentos de estudantes que passaram pelo Labjor e seguem carreira no mercado. 


SERVIÇO

O processo seletivo do Labjor para o semestre 2011.2 já está ocorrendo. Duas bolsas de estágio estão sendo ofertadas para a dupla que tiver o melhor desempenho.

A prova escrita acontecerá nesta sexta (19). Alunos interessados ainda podem fazer sua inscrição.

Desde terça (16) até esta quinta (18), inscritos estão tendo oficinas com os professores orientadores e conhecendo a rotina da redação de jornalismo do núcleo. Eles partem com um ponto adicional em relação aos demais inscritos.

Labjor – Sala Q25
Fone – 3477 31 05

Texto de Wolney Batista. Colaborou Luiz Carlos Bomfim

1º evento de integração dos cursos de Comunicação Social da Unifor

Acontece nesta quarta, 17, de 8h às 11h30, no Teatro Celina Queiroz, o Café com NIC. O evento, organizado pelo Núcleo Integrado de Comunicação, apresentará seus laboratórios e produtos aos alunos do curso de Jornalismo e Publicidade e Propaganda. A manhã contará com vídeos, intervenções artísticas e uma série de informações para que você, aluno, interessado em conhecer melhor os cursos de Comunicação da Universidade de Fortaleza, tenha a oportunidade de saber o que é necessário para fazer parte do NIC. Os professores estão orientados a liberar seus alunos, porém, a presença será dada em uma lista que deverá circular no auditório.

Texto de Érika Zaituni