Realizadores do Cine Holliúdy arracaram gargalhadas no Focom

Da esquerda pra direita: Halder Gomes, Glauber Filho e Edimilson Filho. Foto: Daniel Brainer
Da esquerda pra direita: Halder Gomes, Glauber Filho e Edimilson Filho. Foto: Daniel Brainer

Eita menino, que a 6ª edição do Fórum de Comunicação (FOCOM) hoje foi massa ó! No Teatro Celina Queiroz, foi um rebuliço só! Era aluno veterano e novato até dizer chega. Eles deram logo de cara com a apresentação da equipe de professor dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Audiovisual da Unifor.

O diretor e o protagonista do filme Cine Holliúdy, que vai estrear nos cinemas do Ceará na próxima sexta-feira, 9, foram os convidados de honra. O longa é inspirado no curta-metragem “Cine Holliúdy – O Astista Contra o Caba do Mal”, que foi visto em 80 festivais de 20 países, premiado 42 vezes.

Foto: Daniel Brainer
Foto: Daniel Brainer

Glauber Filho, professor e diretor de cinema, já começou dando o grau no debate, quando o ator Edmilson Filho começou se apresentando com o nosso vocabulário “cearês”.

Também estava presente o diretor premiado, Halder Gomes, cabra arretado que também dirigiu o longa “As Mães de Chico Xavier”. Chegou logo com uma chuva de “Ieiiii”.

O Ceará não arreda o pé nem para Hollywood

Foto: Daniel Brainer
Foto: Daniel Brainer

Cine Holliúdy é um filme que busca trazer ao público, por meio da história de um amante de cinema do interior do Ceará, uma das características mais fortes da cultura cearense: o vocabulário. “É um filme que tem a gaiatice cearense, mas cada público tem sua visão particular. No Japão, por exemplo, eles acharam o filme um pouco violento porque tem um personagem que dá um peteleco no ouvido do outro e o chama de fuleragem”, declara Halder Gomes.

Diante desse cenário, Francisgleydisson (Edimilson Filho) sonha com um cinema popular na sua cidade e luta para que o espaço cinematográfico seja conquistado. Por ter o “cearês”, o filme conta com legendas para um melhor entendimento do público. “ O filme tem legenda exatamente para quem não entender. O nordeste tem uma diversidade própria. Essas produções que vem do sul para cá, muitas vezes não retratam como somos”, pontua o diretor.

Foto: Daniel Brainer
Foto: Daniel Brainer

Já Edimilson acha que o público não tem dificuldade de entender o vocabulário que , mesmo com gírias, traduz um linguajar único do nosso estado. “Não tem essa dificuldade do público entender não. Na verdade, eles acham até interessante. É uma tentativa de levar nossa cultura feita por gente daqui do Ceará para o mundo, e não só a cultura nordestina criada no eixo Rio-São Paulo”, explana.

Lista das cidades que exibirão o filme:

Caucaia – Cinesercla Iandê Shopping Caucaia
Fortaleza – Arcoplex Patio Dom Luis
Fortaleza – Arcoplex Del Passeo
Fortaleza – Arcoplex Aldeota
Fortaleza – Centerplex Via Sul Shop. 6
Fortaleza – Benfica 3
Fortaleza – Uci Shopping Iguatemi 12
Fortaleza – North Shopping 6
Limoeiro do Norte – Cine Francisco Lucena
Sobral – Cine Renato Aragão 3

Texto: Priscila Baima

Comunicação e Gestão é tema do 7º Focom

Cartaz

Nesta terça-feira, 5, a partir das 7h45 acontece o 7º Fórum de Comunicação Social da Unifor (Focom) no Teatro Celina Queiroz. O evento é organizado pelos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Audiovisual, que agora integram o Centro de Ciências de Comunicação e Gestão  (CCG). A 7ª edição do Focom terá como tema principal a junção dos cursos de Comunicação Social com os de Gestão oferecidos pela Universidade.

Os coordenadores dos cursos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo, Carlos Bittencourt e Wagner Borges, respectivamente, estarão presentes para discutir as novidades do novo centro, junto com a diretora Clara Bugarim e os professores que fazem parte do Núcleo Integrado de Comunicação (NIC).

Segundo Alessandra Oliveira, gerente do NIC, este Focom não contará com palestrantes de fora da Unifor, pois o foco deve ser nas mudanças que ocorreram com os cursos de Comunicação Social após o fim do Centro de Ciências Humanas (CCH).  Haverá também apresentação dos produtos desenvolvidos pelos estagiários no NIC, e a distribuição de alguns deles, como os jornais SobPressão, Fôlego e Coletivo.

Texto: Daniela Costa

Publicidade em 3D é destaque no 6° Focom

Foto: Marina Duarte

A recepção da sexta edição do Fórum de Comunicação da Unifor (Focom), que aconteceu na manhã desta terça-feira, no Teatro Celina Queiroz, foi marcada com o início da exposição de fotografia do PhotoNIC (célula de fotografia do Núcleo Integrado de Comunicação), no hall do teatro, além da distribuição da 38ª edição do Jornal Sobpressão e de um bate papo descontráido com Thiago Occiuzzi sobre o primeiro comercial em 3D todo feito no Ceará.

Joana Dutra, gerente do Labjor, agradeceu a todos que colaboraram para a elaboração da mais recente edição do Jornal Sobpressão. “Quero abraçar a todos vocês que colaboraram na produção de um jornal feito com competência e paixão. É quase como um filho que nasce. E um jornal, para ser bem feito, só funciona quando há um trabalho coletivo e integrado”.

O público teve a oportunidade de apreciar um pouco do profissionalismo e da técnica de trabalho dos estudantes, como destacou Erotilde Honório, diretora do Centro de Ciências Humanas (CCH). A professora aproveitou para ressaltar a importância da participação de todos no Congresso da Intercom, mês que vem. “Ao participar do Intercom, os alunos tem a possibilidade de definir o seu objeto de estudo para as suas monografias a partir do levantamento bibliográfico que lhes serão apresentados”, argumenta. Na próxima terça-feira, 14, a partir das 14h, no Auditório da Biblioteca da Unifor, a comissão organizadora reunirá mais de 200 membros, para os ajustes e encaminhamentos do evento.

Alessandra Oliveira e Adriana Santiago também reforçam o convite à reunião, Alessandra lembra que além da parte científica, também há a área de iniciação científica, onde muitos estudantes publicarão seus trabalhos pela primeira vez. Para a professora Adriana, pesquisar é fundamental. “Eu sempre pensei a teoria como uma reflexão da prática, então, nós nunca seremos bons profissionais se não levarmos a pesquisa a sério”.

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) também esteve no centro das atenções da plateia.“A cada cinco anos o Ministério da Educação reavalia os cursos do nível superior com o Enade. Devemos encarar a avaliação com responsabilidade e saber que ela não reprova, mas sim aprova o curso”, enfatiza o professor Alejandro Sepúlveda.

3D –

Thiago Occiuzzi contou de maneira leve e dinâmica como se deu o projeto da propaganda, o andamento da campanha da Porto Freire Engenheria e sobre o conceito de colaboração. Ele explicou que já no Briefing eles tiveram a ideia de que o tema “colaboração” estava enraizado na Porto Freire, o que foi decisivo para o êxito do comercial.

Segundo Thiago, a propaganda institucional é um marco na publicidade cearense. “Percebemos que estávamos trabalhando com uma forma completamente lúdica, e por isso pensamos em transferir para o formato 3D, para parecer mais real”, explica. Ele alerta, no entanto, que o mercado cearense ainda é tradicional e são as empresas que aceitam arriscar que “nos libertam do comodismo”.

Para encerrar a palestra, o publicitário deu uma dica aos estudantes: “Para qualquer área que você escolha trabalhar, se você não se dedicar, será um profissional medíocre , que ganha pouco e não se sobressai no mercado. Vocês tem que estudar muito. Tem mercado para todo mundo, muita coisa por vir. É um mercado que tem muito a ser explorado, basta se dedicar”.

Os coordenadores dos cursos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo, Carlos Bittencourt e Wagner Borges, organizadores do Focom, agradeceram aos alunos pelo sucesso de público do evento “sentimos a energia de vocês quanto a receptividade ao evento, agradecemos a esse auditório lotado”.

Texto: Ahynssa Thamir
Orientação: Profa. Joana Dutra

Focom trata de publicidade 3D, Enade e Intercom


Nesta terça-feira, dia7, a partir das 8 horas, o Teatro Celina Queiroz receberá o 6º Fórum de Comunicação Social da Unifor (Focom). O evento, que é organizado pelos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e, de Audiovisual, busca discutir temas relacionados à comunicação social, além de apresentar alguns dos produtos desenvolvidos pelos alunos. Nesta edição, o Focom trará como temas: a primeira campanha publicitária 3D do Ceará, o Congresso da Intercom, e o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, o Enade.
Na ocasião, ocorrerá uma palestra com os responsáveis da agência de publicidade Promosell, o representante do marketing da seguradora Porto Freire e do Estúdio 3D, Occiuzzi, que comentarão todo o processo desde a criação até o resultado final da campanha institucional da Porto Freire, além disso, os criadores explicarão um pouco mais sobre o conceito “colaboração”, que é um dos seis valores que a seguradora prega, estimulando práticas sustentáveis e de socialização.
A professora Joana Dutra, gerente da célula Labjor, que pertence ao Núcleo Integrado de Comunicação (NIC), comentou sobre a importância dos outros dois temas que também serão abordados na segunda edição do Focom de 2012. “Os professores explicarão sobre o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), pois esse assunto é de suma importância para que os alunos estejam conscientes e preparados, tendo em vista que o exame diz muito sobre a qualidade dos seus respectivos cursos e a maioria dos estudantes terão de fazê-lo”.
Outro ponto ressaltado foi o Intercom. “É o maior congresso de comunicação da América Latina, que acontecerá pela primeira vez no estado do Ceará e completará os seus 35 anos na Universidade de Fortaleza. O congresso receberá em torno de 4 mil pesquisadores e estudantes de todos os cursos de comunicação do Brasil e alguns alunos estrangeiros, por conta dos colóquios internacionais”. Além das palestras, haverá também a distribuição da última edição do Jornal Sobpressão, Classificado dá Notícia e o Fôlego produzido pelos alunos e professores das disciplinas de jornalismo impresso e especializado e do Labjor.

Texto: Ahynssa Thamir 
Orientação: Profa. Adriana Santiago

Focom terá palestra sobre Comissão da Verdade

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (31) às 8h30, no Teatro Celina Queiroz acontecerá o 5º Fórum de Comunicação Social (Focom). O evento, organizado pelos estudantes e professores dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, trará como tema para debate a Comissão da Verdade. Grupo foi criado em dezembro de 2011 a fim de esclarecer os casos de desaparecimentos, torturas, mortes e ocultação de cadáveres no período de 1946 a 1988. Para isto, foram convidados a diretora do Centro de Ciência Humanas da Unifor (CCH) Erotilde Honório e os coordenadores dos cursos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo, Wagner Borges e Carlos Bittencourt.

Além da palestra, haverá também apresentação de trabalhos do Núcleo integrado de Comunicação (Nic), assim como a distribuição da última edição do Jornal Sobpressão, produzido pelos estudantes da disciplina de projeto experimental – ministrada pela professora Janayde Gonçalves – e do Laboratório de Jornalismo da Unifor (Labjor).

Veja mais sobre a Comissão da Verdade aqui.

Texto: Renata Frota
Orientação: Profa. Adriana Santiago