[Claquete] Uma canção de amor, desejo e melancolia

hr_Norwegian_Wood_PosterAdaptação cinematográfica do romance homônimo de Haruki Murakami (publicado em 1987), Como na canção dos Beatles: Norwegian Wood chega ao Brasil um ano e meio depois da estreia nos Estados Unidos.

Com direção do vietnamita Tran Anh Hung, o filme conta a história de Toru Watanabe, que, em seus dias de universitário em Tokyo nos anos 1960, vivencia a angústia extrema de sua paixão quase platônica por Naoko, ex-namorada de seu amigo de infância que cometera suicídio aos 17 anos.

nor4

Essa tragédia em comum, que deixou cicatrizes inimagináveis na garota, moldando-lhe uma fragilidade psicológica cada vez mais visível, envolve os dois em uma história de amor pós-adolescente, delineada pelo embate incessante entre o mundano e o quase angelical.

Com uma narrativa de olhar sensível, Norwegian Wood se constrói por meio de seus diálogos suaves e intimistas, seus enquadramentos delicados, impressionistas e surpreendentemente hábeis em delinear para o espectador a natureza dos sentimentos e percepções mais íntimas dos personagens. Épico e detalhista, o longa revela uma delicadeza quase desconcertante ao tratar de temas fortes como autodescoberta, sexualidade e perda.

Rinko-Kikuchi-and-Kenichi-Matsuyama-star-in-Norwegian-Wood

A fotografia, a cargo de Mark Lee Ping Bin (conhecido por seu trabalho em Nova York, Eu te Amo e Amor à Flor da Pele), apresenta um refinamento estético – cada cena, como cada linha da narração de Watanabe, parece tão plena e autossuficiente como um hai-kai (forma poética de origem japonesa, que valoriza a concisão e a objetividade).

O filme é, em suma, uma balada do impossível (como foi intitulado em francês): uma canção nada óbvia sobre o aspecto trágico do amor, do desejo e da vida em si, embalada pelo clima de melancolia pungente que a canção dos Beatles “Norwegian Wood” traz em sua melodia e seus versos: When I awoke, I was alone, this bird has flown”.

Texto: Lia Martins

Ficha Técnica

Título Original: Norwei no mori
Ano: 2010
Direção: Tran Anh Hung
Roteiro: Tran Anh Hung, baseado no romance de Haruki Murakami
Gênero: drama; romance
Duração: 133 min.
Origem: Japão