IX Festival de Teatro de Fortaleza acontece esse mês por toda a cidade

Festival de Teatro

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, por intermédio da Secretaria de Cultura, realiza a 9ª edição do Festival de Teatro de Fortaleza. Com o tema “O Teatro e a Cidade”, o evento acontece gratuitamente, de 23 a 30 de novembro e contará com 8 espetáculos nacionais, 19 espetáculos locais e 7 Ações de Formação, que variam entre workshops e oficinas envolvendo interpretação e dança.

As apresentações acontecerão em mais de 20 locais espalhados pela cidade e visam dar acesso à população a atividades culturais, principalmente às peças que não participam do circuito comercial. Fazendo jus ao tema, o objetivo é que os assuntos abordados nos espetáculos e nas oficinas integrem um significado junto à cidade, seja na utilização de espaços públicos como cenário ou na representação de aspectos da vida em sociedade.

Grandes nomes da artes como o do jornalista, crítico e estudioso de teatro, Kil Abreu; do professor do curso de Artes Cênicas da Universidade Federal do Ceará (UFC), Hector Briones; e de Rosana Rodrigues, da Secretaria de Cultura de Fortaleza, compõem a comissão que selecionou as apresentações. Foram oferecidas vagas para diversos segmentos teatrais, como Teatro Adulto, Teatro Infantil, Teatro de Rua, Teatro de Bonecos, Performances e Intervenções, entre grupos de profissionais e amadores. Os cachês variaram entre 6 e 10 mil reais. Em 2013, foi investido um total de 800 mil reais no Festival, um acréscimo de 122,22% em relação à última edição.

Texto: Fernanda Gurgel 

Agora a Unifor tem ponto de cadastro do Bilhete Único

Foto: Thiago Gadelha
Foto: Thiago Gadelha

Um dos postos de cadastramento do Bilhete Único Fortaleza foi instalado na última sexta-feira (10) no Bloco D da  Unifor. O bilhete, iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, permite que o usuário do Sistema de Transporte Urbano possa pegar quantos ônibus precisar, por um período de até duas horas, trocando de linha em qualquer parada e pagando apenas o valor de uma passagem.

O cadastramento é gratuito. Os estudantes precisam, ao solicitar, apresentar carteira estudantil corrente (do ano de 2012, ou 2013, caso já tenha recebido) e comprovante de endereço. Já os pagantes inteira e usuários dos cartões vale transporte eletrônico precisam apresentar CPF, RG e comprovante de endereço.

Foto: Thiago Gadelha
Foto: Thiago Gadelha

A iniciativa vem se mostrando bem aceita pela população, que, entre outras vantagens, comenta principalmente sobre a redução de gastos com transporte e o tempo poupado.

“Para chegar na faculdade eu preciso pegar dois ônibus, um deles no meu bairro e o outro no terminal,  o que demorava muito. Com o bilhete único tudo se tornou mais rápido e mais cômodo descer para pegar outro ônibus. Às vezes eu saía de casa apressada e acabava me atrasando, agora vou economizar dinheiro e tempo”, coloca Melissa Morais, aluna do primeiro semestre do curso de Fisioterapia da Unifor.

O posto funciona das 7h às 17h. O cadastramento, que iniciou-se dia 22 de abril, é indispensável para utilização do benefício e pode ser agilizado com o pré-cadastro na internet. O bilhete único será entregue aos estudantes dez dias após a solicitação e exclusivamente na sede da Etufor. Os demais devem se dirigir ao local onde o cadastro foi realizado.


Texto: Janine Nogueira

[Ensaio] Semana do Graffiti

Foto: Eduardo Cunha
Foto: Eduardo Cunha

O ensaio dessa semana foi baseado na Semana do Graffiti de Fortaleza, que começou dia 8 de abril e termina amanhã, dia 13, na Praia do Futuro. A semana teve eventos em vários pontos da cidade, como no Bairro Mondubim (CUCA V), Bairro São Cristóvão (CUCA VI), Praia do Futuro (Praça do Futuro) e na Vila das Artes. O objetivo do evento está sendo promover um debate entre os artistas e comunicadores sobre essas manifestações artísticas.

O aluno Eduardo Cunha, estudante do curso de Publicidade e Propaganda da Unifor, foi conferir de pertinho uma das programações e trouxe uns registros fotográficos para que possamos apreciar. Já Thiago Gadelha, também do mesmo curso, fez  fotos inspirado nesse tema. Ele fotografou alguns pontos da cidade que têm graffiti em seus muros e escadas.

Outro aspecto que vale destacar é que, além de super interessante e integrar os jovens, o evento é gratuito.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Marina Duarte

Prefeitura de Fortaleza promoverá debates sobre a Semana do Graffiti

5346_280167102116544_591630235_n

Tendo como iniciativa da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, a Prefeitura de Fortaleza vai realizar, entre os dias 8 e 13 de abril, a 1ª Semana do Graffiti.  Essa iniciativa contará com uma Audiência Pública que terá como tema o Grafite, Muralismo e Pichação. A audiência vai acontecer nesta quarta-feira, 27, no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza, às 14h30.

66075_568300683186036_1259602883_n
Foto: Renata Monte

O objetivo do evento é levantar discussões sobre a cidade enquanto ambiente propício para a comunicação visual. Durante a sessão, será discutido o significado da arte urbana e como a juventude lida com esses códigos instalados em diversos pontos da cidade, sendo, muitas vezes, indecifráveis por muitos deles.

Além disso, serão levantadas, ainda, pautas acerca das condições sociais dos artistas urbanos de Fortaleza e o que eles representam para a sociedade atual.

Uma breve história

Renata Monte
Foto: Renata Monte

A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes. Existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano.

Seu aparecimento na Idade Contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade e, algum tempo depois, essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.

Uma maneira de se manifestar

O grafite está ligado diretamente a vários movimentos, em especial ao Hip Hop. Para esse movimento, o grafite é a forma de expressar toda a opressão que a humanidade vive, principalmente os menos favorecidos, refletindo essa realidade das ruas.

Serviço
Audiência Pública sobre Grafite, Muralismo e Pichação
Dia: 27 de março
Hora: 14h30
Local: auditório da Câmara Municipal de Fortaleza (Rua Thompson Bulcão, 830 – Patriolino Ribeiro)

Texto: Priscila Baima