Trote 2012.1

Este slideshow necessita de JavaScript.

Conhecido como um rito de passagem da fase colegial para a universitária, o trote propicia uma interação imediata entre os calouros e os veteranos. Há quem goste e quem reprove essa prática tão antiga, e que permanece na maioria das universidades brasileiras. Essa “diversão” acontece desde o período medieval, já que nas universidades europeias os novatos não poderiam estudar nas mesmas salas que os veteranos por medidas, pasmem, higiênicas! Entre tintas, farinha de trigo e confetes, o ensaio dessa semana mostra como os “bichos” dos cursos de Comunicação Social – Jornalismo e Publicidade e Propaganda 2012.1 da Universidade de Fortaleza foram recepcionados pelos alunos mais antigos.

Texto e fotos: Thalyta Martins
(thalytamartins@edu.unifor.br)
Orientação: Profa. Adriana Santiago 

Calourada Geral da Unifor conta com shows de Nando Reis e Rita Lee

Foto: divulgação

Dia 17 de setembro, a partir das 22h, acontecerá no estacionamento da Unifor a calourada geral de 2011. A festa terá shows exclusivos de Nando Reis e Rita Lee, além de outras atrações ainda não confirmadas.

Evitando o forró como atração principal, o objetivo desta calourada é criar um evento diferenciado de outras festas do gênero, para torná-la bastante esperada. Também para que pais, familiares e amigos sintam-se convidados.

A organização contou com o apoio da reitoria da universidade e com o patrocínio da Beach Park FM e Cidade FM. Segurança não será o problema, pois a festa conta com o efetivo da polícia militar, AMC e do corpo de bombeiros, para que todos possam se divertir à vontade. A estrutura do evento será a mesma usada pelo Ceará Music (palco, som, telões led etc) para receber um público de até 15 mil pessoas, e todo o lixo reproduzido na festa também será reciclado. O investimento previsto é de até R$300 mil.

Os ingressos do primeiro lote para não-alunos variam de R$35 (pista), R$40 (front stage) e R$120 (camarote com open bar); podendo sofrer alterações de acordo com a demanda. E para alunos da instituição os valores R$25 (pista), R$ 40 (front) e R$120(camarote) permanecerão inalterados. A compra será efetuada no DCE da Unifor. Para maiores informações, visite a página do facebook.

SERVIÇO

Show: 17 de Setembro
Horário: a partir das 22h.
Local: Estacionamento da Unifor
Informação: (85) 3250 1004 – 3033 1010 (Produtora) / 3477 3443 (DCE Unifor)

Texto de Flávio Augusto

Novas caras na Rádio Unifor

Bolsista Filipe Dias, de verde, com parte dos novos estagiários. Foto: Hyana Rocha

O Núcleo Radiofônico de Jornalismo, coordenado pela professora Ana Paula Farias, conta agora com novos estagiários voluntários. Eles se juntarão à estagiária voluntária Débora Morais e ao bolsista Filipe Dias na produção e apresentação dos programas Papo Saudável, Trocando Ideias e Primeira Pessoa, da Rádio Unifor.

Alguns deles estão no primeiro semestre do curso, mas isso não quer dizer que eles estão partindo do zero. Antes de ingressar na Rádio, os alunos participaram da 1ª Oficina de Rádio, realizada também pelo Núcleo.

O Blog do Labjor dá as boas-vindas à Leonardo Campos, Mirely Costa, Guilherme Custódio, Farley Aguiar, Thamyris de Moraes, Júlia Norões, Natália Campos, Vanessa Queiroga e Daniel Pereira.

Ouça a Rádio Unifor.

Texto de Filipe Dias

Soltos na selva

Temido pelos envergonhados e aguardado pelos destemidos, o trote costuma fazer parte da tradição universitária. Na Unifor, a brincadeira feita pelos veteranos com os estudantes do primeiro semestre é geralmente acompanhada de muito humor. A última turma a passar por essa espécie de batismo foram os calouros de Fisioterapia, nessa terça-feira, 23.

Novos “bixos” da Fisioterapia. Fotos: Wolney Batista

Ao som de vários apitos, que podiam ser ouvidos de longe, os novatos gritavam, empolgados, “Fisioterapia” a cada vez que ouviam a pergunta: qual o melhor curso? No Centro Acadêmico, eles tiveram seus rostos pintados com a palavra “bixo” e, unidos por um barbante, fizeram um passeio pelo campus da Universidade.

Carlos Henrique Oliveira, coordenador de Fisioterapia, percebe esse momento do trote como uma oportunidade de o aluno ingresso se aproximar do curso, no sentido de dar as boas vindas, esclarecer e apresentar a universidade. Ele ainda ressalta a “Manhã da Integração” como outro importante acontecimento para a recepção dos calouros, um evento promovido pela coordenação em parceria com os professores para a apresentação do curso. Esse ano acontecerá dia 9/março, no Teatro Celina Queiroz.

A equipe do Labjor deseja boas vindas aos novos estudantes dos cursos de graduação e lembra que a recepção dos novatos de Jornalismo e Publicidade será dia 5 de março,  no Auditório da Biblioteca, das 9h às 11h.  Mais detalhes? Visite a página do Notas Coordenadas, constantemente atualizado pelo coordenador de Jornalismo, Eduardo Freire.

Texto de Wolney Batista

Você é o que come

Rever práticas alimentares, recorrer a esportes ou aulas de relaxamento, preocupar-se com o corpo e a mente vem sendo metas constantes para as pessoas. O Globo Repórter, ao menos uma vez por mês, exibe reportagens sobre boa alimentação. Revistas estimulando hábitos saudáveis e publicações de livros sobre as mais diversas dietas que alguém pode ter estão em alta nas prateleiras de bancas e livrarias. Programas em canal aberto e a cabo mostram a busca de homens e mulheres por um corpo mais escultural, dicas para emagrecer, além de depoimentos e entrevistas com especialistas na área da saúde.

Tudo o que fazemos com o  corpo interfere no nosso bem estar. Se dormimos pouco ou de forma incômoda, se ficamos sedentários, sentamos de maneira errada, fazemos movimentos repetitivos ou comemos irregularmente. Isso reflete no humor, ânimo e saúde das pessoas. Preocupar-se com o que comer ou como se viver e ler sobre esses assuntos não é mais exclusivo para especialistas ou pacientes recomendados por seus médicos.

Não é preciso ir todos os dias à academia, comer apenas frutas e verduras ou abandonar o doce da vida. Hidratar-se, fazer atividades físicas, rever a quantidade das porções e balancear as refeições com alimentos naturais – sem abdicar de sobremesas ou massas -, são atitudes que podem melhorar a qualidade de vida das pessoas. Mas, para iniciar uma nova dieta ou tirar alguma dúvida específica sobre saúde, não basta recorrer apenas a dicas de revistas, reportagens em programas de televisão e rádio ou livros comerciais. É importante que se consulte um médico especialista na área desejada.

A nutricionista Daniele Carlos / Foto: Camila Marcelo
A nutricionista Daniele Carlos / Foto: Camila Marcelo

Os nutricionistas, por exemplo, são indicados para aqueles que desejam emagrecer ou apenas modificar seus hábitos alimentares. Pois é através de exames e análise da rotina do paciente que se pode regular de forma adequada a alimentação.

O curso de Nutrição, segundo a nutricionista, Daniele Carlos, vem ganhando visibilidade e respeito na área acadêmica, profissional e da população em geral. “O mercado de trabalho no campo de nutrição encontra-se em franca expansão. O leque de opções se amplia cada vez mais, surgindo uma nova área a cada dia”, comenta.

Ela já trabalha há 17 anos no Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, que é especializado no diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas e pulmonares. Desde de 2003 é professora da Unifor, além de ser assessora da coordenação do curso de Nutrição.

Para o dia do nutricionista, 31 de agosto, a coordenação do curso Ciências da Nutrição da Unifor preparou uma programação intensa. Pela manhã, houve um momento de integração para os alunos do curso, com recepção aos calouros e programação cultural (apresentação da camerata da Unifor) e científica (vídeo institucional, apresentação do núcleo de pesquisa, mesa redonda com alunos egressos, etc). À tarde, houve uma programação cultural (companhia de dança da Unifor) e científica (Palestra: Avanços em fitoterápicos; Mesa redonda: Oncologia – cuidados paliativos e bioética; Mesa redonda: Consultoria – perspectivas e desafios na atuação do nutricionista; Palestra: Perdidas no espelho).

A originalidade, diversificação, interesse dos alunos e os assuntos mais atuais foram os quesitos priorizados para a escolha dos temas das palestras. “Gostaria de destacar todo o evento pela sua organização, pelo momento cultural, pela programação científica com temáticas interessantes e diversificadas, com o objetivo dentro do possível, de atender aos interesses dos mais diferentes alunos e profissionais no campo da nutrição”, ressaltou Daniele, que falou também que a descontração marcada por sorteio de brindes e o coquetel em comemoração do dia do nutricionista foi o diferencial do evento.

Texto de Camila Marcelo