Empreendedorismo é incentivado no campus

Alunos no Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade. Foto: divulgação
Alunos no Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade. Foto: divulgação

Até meados do ano 2000, a carreira empreendedora era reservada para aqueles que não davam certo no mundo corporativo que, por não ter outra opção de atuação, acabavam empreendendo no seu negócio próprio. Com a expansão da internet, surge a possibilidade de construir negócios sem grandes investimentos iniciais e com rápido retorno financeiro.

Com isso, é cada vez maior o número de jovens que resolvem escolher o empreendedorismo como uma opção de carreira. A Universidade de Fortaleza (Unifor), em parceria com o Banco do Nordeste (BNB), está oferecendo um crédito para alunos e ex alunos, de até 50mil reais para ajudá-los na abertura de um negócio.

O Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade (Eges), iniciativa do curso de Administração da Unifor, serve como laboratório para as práticas administrativas. O escritório também atende quem tem interesse ou dúvidas na área de gestão empresarial, independente do seu curso. Este espaço tem como finalidade auxiliar o aluno que deseja abrir uma micro empresa e/ou se interessa por negócios, mas não sabe bem o quê e como fazer, todo esse processo é realizado com o acompanhamento de profissionais que irão orientá-los passo a passo.

Rogério Barros. Foto: Arquivo pessoal
Rogério Barros. Foto: Arquivo pessoal

Professores e alguns convidados renomados no mercado de trabalho que visitam o Eges com regularidade auxiliam os alunos a encontrarem a melhor forma de conduzir a sua empresa ou negócio para dar certo, assim como para a aplicação de capital, desta forma os alunos recebem orientações para melhor utilizarem seus conhecimentos no campo acadêmico e profissional. O professor Rogério Barros fala que a proposta surgiu com a intenção de juntar o aprendizado com a prática.

A estudante de administração, Juliana Marzano, chegou como voluntária, achou interessante e começou a frequentar e participar das aulas e das palestras. Hoje, ela estagia no escritório e vê a possibilidade de abrir um pequeno negócio com uma amiga.

Juliana Marzano. Foto: Arquivo pessoal
Juliana Marzano. Foto: Arquivo pessoal

“O bom do Eges é que fazemos pesquisas de mercado e colocamos o aprendizado em prática”, comemora. A consulta com professores, bem como as palestras, podem ser vistas por alunos ou ex-alunos que queiram ingressar na carreira empresarial, assim como os tornar mais capacitados e preparados para a carreira profissional.


Texto: Bruno Andrade

Bill Clinton faz palestra na Unifor

 

Foto: Divulgação

Na próxima segunda feira, 27, estarão suspensas as atividades do turno da manhã na Universidade de Fortaleza (Unifor). O motivo é a visita do ex-presidente Bill Clinton, que vem para palestrar sobre o tema “Sustentabilidade e Desenvolvimento Global”. O evento marca o lançamento do Programa de Educação Corporativa na Unifor e será realizado no Ginásio Poliesportivo, onde se espera a presença de 800 convidados.

Entre os convidados, a instituição selecionou estudantes e professores para participar do evento, de acordo com informações da reitoria. Como critério de seleção, foram levados em conta os professores que recentemente trouxeram prêmios ou maior reconhecimento à Unifor, também as maiores Performance de Média Global (PMG), dos alunos de cada centro.

Camila Távora, estudante de Jornalismo e convidada ao evento, se mostrou surpresa e está ansiosa para chegar segunda-feira. “Não estava esperando. Depois que soube o critério de escolha, fiquei feliz pelo reconhecimento. Sou professora de inglês, participo da Simulação da Organização das Nações Unidas, SONU, um projeto que trata de sustentabilidade. A palestra vai contribuir em minha formação”

Também foram abertas inscrições no site da Universidade para mil interessados em participar de uma videoconferência simultânea, que acontecerá em diversos pontos do campus. As vagas foram esgotadas em poucos dias. 

Para receber o ex-presidente está sendo armado um esquema de segurança sigiloso que envolve profissionais de dentro e fora da instituição, além da segurança pessoal de Clinton.

 Texto: Lorena Cardoso e Rafael Vasconcelos
 Orientação: Prof. Alejandro Sepulveda

Moda e natureza de mãos dadas

Afinal, o que é isso?

A moda, na sua essência, cria peças e tendências. Mas o que anda acontecendo hoje no mundo da moda é sua união com a sustentabilidade. É com lixo reaproveitado, reciclando produtos e recriando peças que não tinham mais usos, que estilistas e estudantes de moda criam peças sustentáveis. E você, sabe o que isso significa sustentabilidade? Sustentabilidade está relacionada com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana. Em outras palavras, é viver hoje, preservando e pensando no futuro.

E quem faz isso?

O grupo Lixúria, de estudantes do curso de Estilismo e Moda da UFC, transforma materiais recicláveis que iam para o lixo em arte. O grupo tem seis integrantes, Natássia Maia, Karine Matos, Mayrla Canasfístola, Laura Nefitale e Meiriane Nascimento, que participaram do Concurso Novos Talentos do Dragão Fashion Brasil. O concurso pedia que os concorrentes elaborassem apenas duas peças com materiais recicláveis, mas as meninas fizeram todas as oito peças da coleção com o material. Elas encantaram o público, pois conseguiram levar luxo, brilho e muita criatividade ao desfile.

Continue lendo “Moda e natureza de mãos dadas”

Jornalismo e sustentabilidade

A preservação ambiental e a função do jornalista nesse contexto: estes foram os motes da primeira palestra do auditório A2 nesta terça (20), às 8h. À frente, a jornalista Maristela Crispim, mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Ceará e responsável pela coluna “Gestão Ambiental”, publicada toda quarta-feira no caderno de Negócios do Diário do Nordeste. Dividindo a mesa com Maristela, estava o coordenador do Curso de Jornalismo/Unifor, Eduardo Freire.

Logo pra começar, uma provocação: quem já assistiu ao filme de animação Wall-e deve ter refletido sobre as consequências do consumo, um dos desafios a serem discutidos pela contemporaneidade. A proposta da palestra, a todo momento, não só no discurso de Maristela como também no debate posterior entre os presentes, foram as reflexões acerca das questões ambientais – lixo e recliclagem, da guerra pela água, da internacionalização da Amazônia, do ISO 14001, das políticas do agronegócio, da candidatura de Marina Silva -, pensadas não apenas sob a ótica cidadã mas também jornalistística.

Em 2004, quando surgiu a proposta da coluna Gestão Ambiental, Maristela contou que ficou temerosa. “Achava que não teria pauta para preencher uma coluna semanal”, confessa. Hoje admite que em alguns dias sobram assuntos e alguns ficam de fora.

Tema transversal

Quando questionada sobre como o Jornalismo Ambiental no Ceará pode melhorar, a jornalista foi direta.  “Depende de vocês, estudantes”. Para isso, “como pré-requisito, é fundamental buscar qualificação”. Quanto a todos como cidadãos, a colunista do DN admitiu que nossa sociedade ainda precisa mudar sua mentalidade e reavaliar as preocupações quanto ao meio ambiente. “Como base, precisamos incorporar essas discussões no cotidiano através de algumas brechas e assim buscar pautas para discutir os assuntos desse tema”. Pautas estas que não podem se limitar a editorias específicas. Uma das conclusões entre os participantes da palestra é que a forma de abordagem na imprensa não deve ser restrita. As editorias gerais, ao tratar desses assuntos, não devem se prender ao fator denúncia. O ideal é fazer uma análise aprofundada, mostrar o que está por trás, apresentar um contexto maior. A exemplo de André Trigueiro, jornalista multimídia e especializado em Jornalismo Ambiental.

Como você interfere no planeta?

WWF Pegada ecológica quiz

Maristela indicou o site da WWF para que todos possam calcular sua “Pegada Ecológica” e descobrir como as nossas pegadas estão marcando a Terra.

Logo-Mundo UniforTexto: Viviane Sobral