Trabalho e estudo: é possível equilibrar?

Além dos estágios, monitorias e grupos de pesquisa encontrados na universidade, muitos estudantes entram para o mercado de trabalho ainda no período da graduação, quer seja por necessidade ou por escolha. Equilibrar estes dois mundos é um desafio e nem sempre é possível fazê-lo com sucesso.

empresa Buhamra & Romero.
Lorena Guerra palestrando em seu local de trabalho. Foto: Buhamra & Romero

A estudante de administração, Lorena Guerra, 26, ingressou na faculdade em 2007. Na mesma época, começou a trabalhar como assistente de vendas em uma loja. Lorena cresceu no trabalho, chegando ao cargo de gerente geral de uma marca de sapatos e bolsas. Hoje, ela é analista de marketing em uma empresa de consultoria e viaja o país inteiro a trabalho. Lorena teve de trancar várias disciplinas, chegando a abandonar a faculdade completamente por um semestre. Ela diz não se arrepender do atraso na faculdade. “Um déficit na faculdade pode ser recuperado, no trabalho, não. É difícil servir a dois senhores”, conta.

Maíra Suspiro. Foto: Arquivo pessoal
Maíra Suspiro. Foto: Arquivo pessoal

Já a estudante de publicidade Maíra Suspiro, 26, já entrou na faculdade trabalhando e tem que equilibrar emprego, faculdade e maternidade. Ela é atualmente a responsável pela parte de comunicação e eventos da livraria Saraiva. Por causa de viagens ou eventos do trabalho, Maíra já teve que trancar disciplinas e já reprovou por faltas por escolher dar ênfase ao trabalho, mas nunca chegou a abandonar a faculdade. “Acabava ficando tão cansada ou tão ocupada com minhas obrigações do trabalho, que deixava a faculdade de lado”, diz.

Beatriz Turri. Foto: Arquivo pessoal
Beatriz Turri. Foto: Arquivo pessoal

Beatriz Turri, 20, é outra estudante do curso de publicidade que começou a trabalhar já no primeiro semestre da faculdade. Beatriz começou como vendedora de uma loja de roupas e, segundo ela, deu sorte porque trabalhava apenas no turno da tarde e tinha tempo suficiente para ir à todas as aulas. Desde seu primeiro emprego, Beatriz trabalhou em outra loja e atualmente estagia em uma agência. Ela nunca precisou trancar nenhuma disciplina e vai conseguir terminar o curso no tempo certo.

Nos três casos, as estudantes buscam o equilíbrio entre a vida acadêmica e a profissional. “É importante não desistir e não se deixar abater porque os outros estão se formando antes de você”, diz Lorena. Maíra não vê a hora de terminar a faculdade e já planeja fazer pós-graduação “Depois que acabar a publicidade, já quero entrar pro MBA, acho que um bom profissional não deve jamais parar de estudar”, declara Maíra. Beatriz aconselha tirar um tempo para estudar e se manter em dia com o conteúdo da faculdade “Com um pouco de esforço, dá para fazer tudo”, acrescenta.

Texto: Patrícia Borges